Busca avançada
Ano de início
Entree

Segmentacao dentaria utilizando a transformada imagem-floresta.

Processo: 07/02662-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2007
Vigência (Término): 31 de julho de 2008
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Aparecido Nilceu Marana
Beneficiário:Elizabeth Bonsaglia Barboza
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Biometria   Segmentação de imagens

Resumo

A identificação forense post-mortem por meio de registros dentários fornece resultados precisos e confiáveis, sendo por isso aceita pelas autoridades legais como forma de identificação positiva. Para a automatização desta tarefa, uma etapa importante é a segmentação das imagens de radiografias das arcadas dentárias. Apesar do progresso das últimas duas décadas, o problema de segmentação de imagens continua sendo um dos mais difíceis desafios em análise de imagens. Os métodos de segmentação precisos são normalmente complexos, caros computacionalmente, dependentes de aplicação, e freqüentemente exigem interação humana. Métodos de segmentação interativa de imagens que reduzem a intervenção do usuário a simples escolhas de poucos pixels, minimizando o número de interações, vêm sendo pesquisados. Uma possibilidade promissora desse tipo de abordagem usa a Transformada Imagem-Floresta, que reduz o problema de processamento de imagem ao cálculo de uma floresta de caminhos de custo mínimo no grafo derivado da imagem. O objetivo deste projeto de pesquisa é implementar e avaliar algoritmos para segmentação de imagens de radiografias de arcadas dentárias, baseados na Transformada Imagem-Floresta, visando a detecção precisa dos contornos dos dentes com mínima intervenção humana, para posterior utilização na identificação forense post-mortem.