Busca avançada
Ano de início
Entree

Acurácia e precisão na formulação não-linear para frangos de corte, como avanço e otimização de resultados

Processo: 10/19379-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2011
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2012
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Nutrição e Alimentação Animal
Pesquisador responsável:Manoel Garcia Neto
Beneficiário:Sergio Vieira Filho
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Frangos de corte   Ração   Ração balanceada   Modelos matemáticos

Resumo

Este trabalho será realizado com o objetivo de validar o sistema de formulação não-linear, como estratégia nutricional e como ferramenta de modelagem matemática para frangos de corte, permitindo um menor custo e uma maior lucratividade da produção, segundo cada fase da criação (Inicial, Crescimento e Terminação), buscando: 1-Praticidade - O PPFR (Programa Prático para Formulação de Rações) concilia, adapta e incorpora, respectivamente, três grandes recursos: a- As Tabelas Brasileiras (Rostagno, 2005); b- As idéias e design da planilha WUFFDA (Pesti et al., 2005); e c- O modelo matemático de Guevara (2004); proporcionando, assim, o atendimento das exigências nutricionais mínimas, com otimização do lucro.2-Originalidade - Sua originalidade está em ser o primeiro programa não-linear para otimização de rações, aberto e gratuito, podendo ser aplicado em pesquisa, ensino (graduação e Pós-graduação) e extensão (nutricionistas-formuladores).3-Relevância - Se confirmada nossas hipóteses, o conceito de formulação não-linear (Ração de lucro máximo) será mais apropriado para atender o conceito da nutrição de precisão para frangos de corte. Portanto, acreditamos que o projeto é rico em vários quesitos de mérito, por viabilizar um conceito nutricional atual e prático (nutrição de precisão) e que agora poderá ser aplicado com o uso da planilha PPFR, que por ser aberta e acessível (uso do software Excel, da Microsoft), permitindo ajustes, com acurácia e precisão, nos modelos matemáticos adotados como suporte à decisão. (AU)