Busca avançada
Ano de início
Entree

Associação de regiões do genoma com a produção e qualidade do leite de búfala

Processo: 11/00065-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de junho de 2011
Vigência (Término): 07 de abril de 2014
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Genética e Melhoramento dos Animais Domésticos
Pesquisador responsável:Humberto Tonhati
Beneficiário:Rusbel Raúl Aspilcueta Borquis
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Assunto(s):Búfalos   Avaliação genética   Polimorfismo de um único nucleotídeo

Resumo

No Brasil, a bubalinocultura leiteira tem como principal objetivo a produção de queijos, em especial o "mozzarella". Nestas circunstâncias, o valor econômico do leite de búfala não depende somente da quantidade de leite produzida, mas também de sua constituição em termos de gordura, proteína e sólidos totais. A identificação de genes responsáveis pela variação fenotípica para características de interesse econômico é um passo importante para o desenvolvimento de métodos auxiliares para a seleção de genótipos superiores. As informações e ferramentas moleculares disponíveis para o búfalo (Bubalus bubalis) ainda estão em uma fase inicial de desenvolvimento. Para a espécie bovina existe a sequência do genoma que está disponível ao público em websites. O grande atrativo da genômica em benefício do melhoramento genético aplicado é a utilização direta das informações de DNA na seleção, de forma a permitir alta eficiência seletiva, grande rapidez na obtenção de ganhos genéticos e baixo custo, em comparação com a seleção tradicional baseada em dados fenotípicos. Recentemente, com o desenvolvimento dos marcadores tipo SNP (Single Nucleotide Polymorphism), a seleção genômica tornou-se atrativa para as características medidas em um só sexo e de alto custo de mensuração, como é o caso da produção de leite e seus constituintes. O objetivo geral deste projeto será testar a equivalência do chip desenvolvido para bovinos em búfalos na tentativa de identificar polimorfismos (SNPs) associados às características, contagem de células somáticas, produção de leite, porcentagem de gordura, proteína e sólidos totais, bem como desenvolver metodologias e modelos visando a seleção genômica.