Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise prospectiva das características virológicas e imunológicas em indivíduos com infecção recente pelo HIV-1 das cidades de São Paulo e Santos, SP.

Processo: 08/08528-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2008
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Ricardo Sobhie Diaz
Beneficiário:Claudia Satiko Tomiyama
Instituição-sede: Departamento de Medicina. Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:04/15856-9 - Análise prospectiva das características virológicas e imunológicas em indivíduos com infecção recente pelo HIV-1 das cidades de São Paulo e Santos, SP, AP.TEM
Assunto(s):Infectologia   Progressão da doença

Resumo

Almejamos desenvolver um programa de pesquisa com o estabelecimento de um Centro, chamado "Centro de Pesquisa para Aids em São Paulo" ("São Paulo AIDS Research Center" - SPARC), capaz de coordenar pesquisa nas áreas clínica, epidemiológica, virológica e imunológica. O objetivo científico deste projeto inclui o desenvolvimento de uma cohort (cohort SPARC) bem caracterizada de indivíduos com infecção recente pelo HIV-1, a partir da qual conduziremos estudos virológicos, imunológicos, clínicos e epidemiológicos. A cohort SPARC servirá como base para três estudos científicos motivados a partir de hipóteses científicas bem definidas, explorando temas relevantes não só a nossa epidemia no Brasil, mas também a epidemia do mundo em desenvolvimento de uma forma geral, onde a terapia anti-retroviral tem se tornado progressivamente mais disponível. O estudo envolvendo pessoas com infecção recente pelo HIV proporcionará a oportunidade única e importante de análise das tendências na epidemia, da história natural da infecção pelo HIV sob circunstâncias especiais(tratamento anti-retroviral universal) e explorará prospectivamente questões importantes que podem surgir em locais onde as intervenções terapêuticas tem aumentado.Conduziremos estudos clínicos/laboratoriais relacionados a (i) aquisição de resistência primária aos anti-retrovirais e progressão da doença (vírus resistentes tem índice dereplicação reduzidos por terem menor fitness), (ii) resposta imunológica durante a infecção recente pelo HIV (respostas CTL mais intensas e amplas levarão a carga viral basal menores) e (iii) diversidade genética da população viral (ex: subtipo do HIV-1) como fator relacionado à progressão da doença. A análise epidemiológica irá incluir estudos comportamentais e correlações com co-infecções. Além de atingirmos os objetivos acima propostos, esperamos obter uma capacidade instalada multidisciplinar em preparação para futuros projetos.