Busca avançada
Ano de início
Entree

Implementação e avaliação de um programa de formação continuada por meio da consultoria colaborativa em uma escola pública

Processo: 10/08128-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Ensino Público
Vigência (Início): 01 de junho de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2011
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Educação
Pesquisador responsável:Vera Lucia Messias Fialho Capellini
Beneficiário:Maria Josimeri dos Santos Neves
Instituição-sede: Faculdade de Ciências (FC). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Bauru. Bauru , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:09/00304-4 - Implementação e avaliação de um programa de formação continuada por meio da consultoria colaborativa em uma escola pública, AP.EP
Assunto(s):Avaliação da educação   Ensino público   Educação inclusiva   Formação continuada do professor

Resumo

O presente projeto se destina à investigação da implementação de um programa de consultoria colaborativa em uma escola pública de Bauru. O mote da inclusão escolar já não é mais se somos contra ou a favor o aluno com deficiência estudar na classe comum, já superamos este discurso, a inclusão escolar é um direito inalienável. Atualmente as discussões estão apontadas em como construir uma escola inclusiva que garanta acesso, permanência e, principalmente, aprendizagem de todos os seus alunos. Escola inclusiva é aquela que acolhe a diversidade e promove o desenvolvimento respeitando às peculiaridades de cada um. Assim, um dos problemas prioritário para a pesquisa sobre a temática da inclusão escolar tem sido o de oferecer a equipe escolar orientação e apoio técnico especializado para qualificar o trabalho pedagógico desenvolvido nas escolas comuns, de modo que este atenda às necessidades de todos os alunos. Considerando-se que a formação em serviço, focada em cada escola, se apresenta na atualidade como uma das melhores estratégias de formação continuada, este projeto tem como objetivo implementar um programa de consultoria colaborativa com vistas à construção de uma escola inclusiva; avaliar antes e depois da intervenção o desempenho dos alunos e a satisfação da equipe escolar. A metodologia de pesquisa será um estudo de caso centrado na abordagem da pesquisa-ação-colaborativa com a proposição de uma intervenção realizada em uma escola de ensino fundamental da secretaria municipal de Bauru. Visando uma maior amplitude e visibilidade para a análise do processo, os dados serão coletados por meio dos seguintes instrumentos: 1) questionário estruturado e entrevista semi-estruturada com a equipe escolar no início da coleta; 2) aplicação do TDE - Teste de desempenho escolar nos alunos do primeiro ciclo do ensino fundamental, no início da coleta; 3) registros em filmagens, durante o processo 4) diário de campo da intervenção, durante o processo, e; 5) avaliação da validade social com nova aplicação dos mesmos instrumentos do início da coleta. Esta proposta tem o intuito buscar compreender e superar os problemas concretos do ensino fundamental, sobretudo nos aspectos ligados a inclusão escolar de aluno com deficiência no ensino comum, visando desenvolver experiências pedagógicas inovadoras que possam trazer benefícios imediatos à escola, visto que em outras realidades estas iniciativas tiveram impactos satisfatórios. (AU)