Busca avançada
Ano de início
Entree

Predição de atributos físico-hídricos a partir de diferentes índices de qualidade de solos

Processo: 11/05453-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2011
Vigência (Término): 31 de maio de 2013
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Ciência do Solo
Pesquisador responsável:Miguel Cooper
Beneficiário:Thalita Campos Oliveira
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):11/20911-2 - Predição de atributos físico-hídricos a partir de diferentes índices de qualidade de solos, BE.EP.MS
Assunto(s):Física do solo   Qualidade do solo   Micropedologia

Resumo

A Floresta Atlântica (Mata Atlântica) originalmente formava uma área contínua com mais de 1.000.000 km2, sofre hoje constante degradação e atualmente somente cerca de 8% dessa cobertura vegetal ainda existe, em sua maioria na forma de fragmentos florestais secundários. Um desses fragmentos pode ser representado pela Estação Ecológica de Caetetus que possui um dos mais significativos remanescentes da Floresta Semidecidual paulista. Esse fragmento pertence à essa grande floresta que revestia quase todo o interior do estado de São Paulo, parte de Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraguai e Argentina. Trata-se de uma floresta alta, com estratificação complexa e alta diversidade florística. Esse estudo foi realizado em uma parcela permanente dentro da Estação Ecólogica de Caetetus, na qual foi estudada detalhadamente nos aspectos referentes ao solo e a vegetação no Projeto Temático "Diversidade, dinâmica e conservação em florestas do Estado de São Paulo: 40 ha de parcelas permanentes" (processo FAPESP N° 1999/09635-0), pertencente ao Programa de Pesquisas em Caracterização, Conservação e Uso Sustentável da Biodiversidade do Estado de São Paulo, denominado BIOTA-FAPESP entre os anos de 2002 e 2006. Através de um banco de dados físico-hídrico de solos, esse estudo tem o objetivo de obter parâmetros quantitativos da estrutura dos solos que permitem melhorar a predição de atributos físicos de solos por modelos que envolvem funções de pedotranferência e índices de qualidade de solos. Deste modo podemos obter valores de referência para solos que sofrem constante degradação e que sua recuperação é de grande relevância, principalmente para o estado de São Paulo. O banco de dados físico-hídricos contém informações básicas da morfologia e física dos solos obtidos por imagens micromorfológicas dos solos, análises granulométricas, densidade de partículas, densidade total, curva de retenção e análise químicas dos solos. Para a realização dessa análise serão utilizados os índices qualitativos, incice S, Indicador capacidade de aeração do solo (ACt/Pt) e Armazenamento de água (CC/Pt), Entropia e Distância de Kullback-Leibler (DKL) e Modelos Multifractais.Palavras chaves: índices de qualidade do solo, micromorfologia, modelo multigractal, função de pedotranferência, entropia e DKL. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
OLIVEIRA, Thalita Campos. Avaliação de índices de qualidade física do solo e predição de parâmetros multifractais de solos sob Floresta Estacional Semidecidual. 2013. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz Piracicaba.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.