Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de nanocompósitos baseados em hidrogéis de polissacarídeos aplicados à administração de micronutrientes essenciais para o desenvolvimento agrícola

Processo: 12/01160-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de maio de 2012
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2014
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Cauê Ribeiro de Oliveira
Beneficiário:Adriel Bortolin
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Agricultura   Hidrogéis

Resumo

Com o aumento do consumo e a redução dos espaços para o plantio, se faz necessário o investimento em novas tecnologias que visem aumentar a qualidade e produtividade de um cultivo agrícola. Para que isso ocorra é necessário um solo de qualidade, que forneça a planta todos os nutrientes e micronutrientes essenciais para o bom desenvolvimento da mesma. Um micronutriente essencial às plantas, com um alto valor comercial, com maior carência nos solos brasileiros e que sofre grandes perdas, principalmente por lixiviação é o boro. O presente projeto visa estudar a produção de hidrogéis hidrolisados constituídos de poliacrilamida e metilcelulose reforçados com argilas e intercalá-lo com o micronutriente boro, administrado de diferentes formas, e avaliar o seu desempenho frente à dessorção controlada do micronutriente. As propriedades hidrofílicas dos hidrogéis serão determinadas por meio de medidas de grau de intumescimento. As propriedades térmicas serão avaliadas utilizando as técnicas de análises térmicas de termogravimetria e calorimetria exploratória diferencial. As propriedades mecânicas e espectroscópicas serão avaliadas através de medidas de compressão e espectroscopia no infravermelho com transformada de Fourier, respectivamente. Serão realizados ensaios para observar a perda de boro por lixiviação em sistemas contendo ou não o nanocompósito. As capacidades de sorção e dessorção controlada do micronutriente serão otimizadas em função dos materiais constituintes do hidrogel, levando-se em conta a obtenção de um produto novo, com um custo que pode propiciar a sua aplicação na agricultura. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Embrapa desenvolve hidrogel fertilizante de baixo custo