Busca avançada
Ano de início
Entree

Marcação de células C6 de glioma com nanopartículas de Fe3O4 e desenvolvimento de uma interface gráfica para o processo de quantificação das nanopartículas internalizadas nas células utilizando a técnica de imagem por ressonância magnética

Processo: 12/14713-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2012
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física da Matéria Condensada
Pesquisador responsável:Lionel Fernel Gamarra Contreras
Beneficiário:Paulo Henrique da Silveira
Instituição-sede: Instituto Israelita de Ensino e Pesquisa Albert Einstein (IIEPAE). Sociedade Beneficente Israelita Brasileira Albert Einstein (SBIBAE). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia celular   Nanobiotecnologia   Física médica   Imagem por ressonância magnética

Resumo

O presente projeto tem como finalidade a marcação intracelular de células C6 com nanopartículas magnéticas para seu posterior estudo do processo de quantificação das nanopartículas magnéticas internalizadas nas células. Para este processo de quantificação será desenvolvido uma interface gráfica que facilitará a analise dos dados obtidos pela técnica de Imagem por Ressonância Magnética.Este projeto faz parte de um projeto maior já em andamento intitulado "Implementação da técnica de magneto hipertermia para o tratamento de glioblastomas: Estudos in vitro, in vivo e ex vivo", que está sendo executado pelo Dr. Lionel Fernel Gamarra (PNPD Nº 02973/09-0 - CAPES)Desta forma, o projeto será dividido em três etapas: a primeira etapa consistirá na cultura das células C6 e sua posterior marcação das células com nanopartículas magnéticas (esta fase será executada por Dra. Lorena Favaro Pavon e acompanhado pelo aluno de Iniciação Científica). A segunda etapa corresponde no preparo dos phantons das células marcadas e suspensas em agarose para sua posterior obtenção das Imagens ponderadas em T1 e T2, respectivamente, mediante a técnica de Ressonância Magnética. A terceira etapa será desenvolver um software com interface gráfica para o processo de quantificação das nanopartículas internalizadas nas células. Nesta etapa será realizada a aquisição das imagens obtidas do equipamento de Ressonância Magnética, seguidamente o ajuste das curvas de relaxamento mediante o método de mínimos quadrados. Será realizado o cálculo dos parâmetros r1, r2, R1 e R2. Finalmente após a obtenção de todos os parâmetros será desenvolvido na mesma interface gráfica o processo de quantificação processo das nanopartículas magnéticas internalizadas nas células.A importância do presente projeto é porque permitirá de alguma forma responder questões como as seguintes que ainda não foram respondidas claramente: Qual é a relação entre a intensidade do sinal e o número de células marcadas? Quantas células podem ser detectadas in vivo? Como a intensidade do sinal é relacionada com a proliferação e migração da célula? O presente projeto será desenvolvido no Laboratório de Nanobiotecnologia do Instituto de Ensino e Pesquisa (IIEP) do Hospital Israelita Albert Einstein.