Busca avançada
Ano de início
Entree

Transformação genética das vias de biossíntese de lipídios em microalgas, visando o aumento da quantidade e qualidade do óleo para o estudo da produção de biocombustível

Processo: 12/19058-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2013
Vigência (Término): 31 de julho de 2013
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Bioquímica - Biologia Molecular
Pesquisador responsável:Pio Colepicolo Neto
Beneficiário:Angela Pedroso Tonon
Supervisor no Exterior: Richard T. Sayre
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Los Alamos National Laboratory, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:10/50567-9 - Estratégia genéticas e bioquímicas na biossíntese de lipídeos para produção de biocombustível de microalgas, BP.PD
Assunto(s):Transformação genética   Engenharia genética   Microalgas   Biocombustíveis

Resumo

O nosso projeto está destinado em manipular dois passos importantes da via metabólica de formação de TAGs, em três espécies de microalgas consideradas ótimas produtoras de óleo (C. reinhardtii, C protothecoides e Nannochloropsis sp). O primeiro passo, pretende-se aumentar a quantidade de Malonyl-CoA, o principal precursor da biossíntese de lipídios. O segundo passo está destinado ao aumento de cadeias carbônicas (C:18), consideradas importantes na constituição de biodiesel. E o terceiro que será complementar aos dois primeiros, está voltado a manipulação da quantidade de instaurações nessas cadeias carbônicas, outro aspecto muito importante na constituição de biodiesel. Diferentes metodologias serão utilizadas nas transformações genéticas, o que é uma vantagem para futuramente utilizarmos essas metodologias em outras espécies de microalgas. Em paralelo estudaremos também estratégias para aumentar a biomassa algal através de sistema de fotobioreatores e variação abiótica. Sem dúvida nenhuma, contamos com a experiência e tecnologia que o grupo do Dr. Richard Sayre possui em pesquisa de biocombustíveis de microalgas. (AU)