Busca avançada
Ano de início
Entree

Simulação computacional integrada em tempo real no contexto das redes inteligentes

Processo: 12/20290-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2013
Vigência (Término): 30 de setembro de 2013
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Elétrica - Sistemas Elétricos de Potência
Pesquisador responsável:Denis Vinicius Coury
Beneficiário:Ulisses Chemin Netto
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/01690-2 - Desenvolvimentos tecnológicos para a proteção, análise, supervisão e automação dos sistemas elétricos do futuro, AP.TEM

Resumo

Esta proposta de pós-doutoramento apresenta um projeto de pesquisa a ser realizado no Laboratório de Sistemas de Energia Elétrica, Departamento de Engenharia Elétrica, da Escola de Engenharia de São Carlos, pertencente a Universidade de São Paulo. O proponente, Ulisses Chemin Netto, sob supervisão do Prof. Tit. Denis Vinicius Coury, apresenta o projeto de pesquisa ``Simulação Computacional Integrada em Tempo Real no Contexto das Redes Inteligentes'', para o qual solicita a apreciação perante a Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo - FAPESP. A proposta está vinculada ao projeto temático FAPESP número 2010/01690-2. O novo modelo de constituição do Sistema Elétrico de Potência (SEP) baseado na tecnologia digital e redes de comunicação de dados, possibilita uma operação mais sofisticada e integrada, melhorando a eficiência e confiabilidade do sistema. Esta pesquisa irá investigar como simular ao mesmo tempo o comportamento do SEP e da infraestrutura de comunicação de dados, tornando possível a análise de diversos tópicos, como, por exemplo, a segurança cibernética, a interoperabilidade entre dispositivos, a confiabilidade e desempenho das soluções adotadas. Será estudada a integração entre os simuladores Real Time Digital Simulator e Opnet Modeler para implementar, em tempo real e em malha fechada, o SEP e uma rede de comunicação de dados. Essa integração permitirá a execução de ensaios laboratoriais mais sofisticados, os quais contribuirão para o desenvolvimento de novos algoritmos para proteção, filosofias de proteção sistêmica, medidores inteligentes, ajuste ideal dos parâmetros de proteção, ensaios de modelo e incremento na construção do conhecimento discente.