Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de câmaras gasosas com detectores gasosos baseados em microestruturas (Micropattern Gaseous detectors - MPGD) para teste de um novo ASIC no âmbito da colaboração internacional ALICE

Processo: 13/17405-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física
Pesquisador responsável:Marcelo Gameiro Munhoz
Beneficiário:Pedro Hugo Ferreira Natal da Luz
Instituição-sede: Instituto de Física (IF). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/04583-8 - Física nuclear de altas energias no RHIC e LHC, AP.TEM
Assunto(s):Detecção de partículas   Detectores de radiação à gás   Time projection chamber   Espectrômetros   Grande Colisor de Hádrons   Experimento ALICE

Resumo

ALICE é um dos quatro grandes experimentos instalados no Large Hadron Collider (LHC), no Centro Europeu para a Pesquisa Nuclear (CERN). Recentemente foi aprovado um plano de atualizações para este experimento, que prevêem melhoramentos na resolução e eficiência no rastreamento de partículas produzidas em colisões de iões pesados, ao mesmo tempo que a taxa de produção de eventos aumenta para cerca de 50 kHz. Esta proposta destina-se a intervir nas atualizações previstas para a Time Projection Chamber (TPC) e para o Espetrômetro de Muões. Atualmente, a TPC do experimento ALICE usa Contadores Proporcionais Multifios (Multiwire Proportional Counters - MWPC) para multiplicação dos eletrões gerados pelas partículas que atravessam a região ativa do detetor. Esta tecnologia tem limitações que influenciam o amplo programa científico do experimento, pelo que se prevê a sua substituição por detetores baseados nos recentes Gas Electron Multipliers (GEM). No Espetrômetro de Muões, tendo em conta o aumento considerável da taxa de produção de eventos, será necessário reduzir o tempo de leitura dos sinais para 20 us. Todos estes melhoramentos implicam uma alteração da eletrônica de aquisição de dados nestes subdetetores. Neste sentido, foi proposto à colaboração ALICE o desenvolvimento de um ASIC que vá ao encontro dos requisitos necessários à atualização da TPC e do Espetrômetro de Muões. Neste documento, propõe-se o financiamento para um pós-doutoramento que tem como objetivo o desenvolvimento de detetores baseados em GEMs que possam testar o ASIC em desenvolvimento em condições realistas de funcionamento. Os trabalhos desenvolvidos servirão para o arranque da criação de uma infraestrutura de apoio aos testes da eletrônica. Prevê-se também o uso de outras microestruturas a testar com a eletrônica desenvolvida, no intuito de alargar o uso desta a outras aplicações como, por exemplo, a calorimetria ou as ciências médicas. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BHATTACHARYA, PURBA; MOHANTY, BEDANGADAS; MUKHOPADHYAY, SUPRATIK; MAJUMDAR, NAYANA; DA LUZ, HUGO NATAL. 3D simulation of electron and ion transmission of GEM-based detectors. NUCLEAR INSTRUMENTS & METHODS IN PHYSICS RESEARCH SECTION A-ACCELERATORS SP, v. 870, p. 64-72, OCT 21 2017. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.