Busca avançada
Ano de início
Entree

Diversidade alfa, beta, funcional e filogenética de opiliões na Mata Atlântica: padrões e relação com fatores ecológicos e históricos

Processo: 13/23736-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Convênio/Acordo: NSF - Dimensions of Biodiversity e BIOTA
Pesquisador responsável:Ricardo Pinto da Rocha
Beneficiário:André do Amaral Nogueira
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/50297-0 - Dimensions US-BIOTA São Paulo: integrando disciplinas para a predição da biodiversidade da Floresta Atlântica no Brasil, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Biodiversidade   Ecologia de comunidades   Biogeografia   Aracnídeos

Resumo

O estudo da biodiversidade vem se sofisticando nas últimas décadas. Além da diversidade alfa (ou riqueza local), o parâmetro historicamente mais estudado, cresce o número de pesquisas sobre outros aspectos da diversidade, como a diversidade beta e, mais recentemente, a filogenética e a funcional. Além disso, há também um esforço crescente em tentar compreender os motivos que causam os padrões observados, avaliando a importância de fatores ecológicos e históricos na formação das comunidades. Neste trabalho nós vamos estudar os padrões de diversidade alfa, beta, filogenética e funcional de comunidades de opiliões de 30 localidades da Mata Atlântica, e vamos relacioná-los com fatores ambientais e históricos. Os opiliões são animais florestais, caracterizados por uma alta dependência da umidade do ambiente e baixa capacidade de dispersão. Isso os torna sensíveis a perturbações ambientais e eventos históricos, como o surgimento de barreiras vicariantes ou o isolamento em refúgios, traços úteis em pesquisas sobre biogeografia. Além disso, o conhecimento taxonômico dos opiliões da Mata Atlântica é bastante desenvolvido, e já existem hipóteses filogenéticas para alguns grupos. Um trabalho recente baseado em biogeografia cladística propôs a delimitação de áreas de endemismo para opiliões na Mata Atlântica. Nossos objetivos são o de relacionar as medidas de diversidade dos opiliões com variáveis ambientais e também com as áreas de endemismo. Dessa maneira será possível avaliar a influência de fatores históricos e ecológicos sobre os padrões de diversidade das comunidades de opiliões de Mata Atlântica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
NOGUEIRA, ANDRE DO AMARAL; BRAGAGNOLO, CIBELE; DASILVA, MARCIO BERNARDINO; CARVALHO, LEONARDO SOUSA; BENEDETTI, ALIPIO REZENDE; PINTO-DA-ROCHA, RICARDO. Spatial variation in phylogenetic diversity of communities of Atlantic Forest harvestmen (Opiliones, Arachnida). Insect Conservation and Diversity, v. 12, n. 5, p. 414-426, SEP 2019. Citações Web of Science: 0.
NOGUEIRA, ANDRE DO AMARAL; PINTO-DA-ROCHA, RICARDO. The effects of habitat size and quality on the orb-weaving spider guild (Arachnida: Araneae) in an Atlantic Forest fragmented landscape. JOURNAL OF ARACHNOLOGY, v. 44, n. 1, p. 36-45, 2016. Citações Web of Science: 3.
ANDRÉ A. NOGUEIRA; STEFAN R. DIAS. New species of Alpaida (Araneae, Araneidae) from Rondonia, Brazil. IHERINGIA SERIE ZOOLOGIA, v. 105, n. 4, p. 416-419, Dez. 2015. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.