Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de biocompósitos com reforço de fibras de vidro bioativas para aplicação na engenharia de tecidos

Processo: 14/01726-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Edgar Dutra Zanotto
Beneficiário:Marina Trevelin Souza
Supervisor no Exterior: Aldo Roberto Boccaccini
Instituição-sede: Centro de Ciências Exatas e de Tecnologia (CCET). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : Friedrich-Alexander-Universität Erlangen-Nürnberg (FAU), Alemanha  
Vinculado à bolsa:11/22937-9 - Desenvolvimento e caracterização de tecidos vítreos flexíveis altamente bioativos, BP.DR
Assunto(s):Biomateriais   Engenharia tecidual   Biovidro

Resumo

Os vidros bioativos foram desenvolvidos por Hench em 1969 e são vastamente conhecidos por terem a habilidade de formar uma ligação química com o tecido ósseo e outros tecidos duros. Embora este biomaterial apresente comprovadas propriedades osteocondutoras e osteoindutoras sua aplicação direta em casos clínicos que apresentem carregamento mecânico é bastante limitada, já que sua natureza cerâmica o faz muito frágil. Outro fator que limita a sua ampla aplicação é que esses vidros tendem a cristalizar facilmente quando expostos a tratamentos térmicos, dificultando qualquer processo de conformação. A fim de explorar as propriedades biológicas desses biomateriais muitos grupos de pesquisa estão investigando a combinação destes vidros bioativos com biopolímeros reabsorvíveis, pois isso aumentaria as possíveis rotas para manufatura de diversos dispositivos e expandiria suas possibilidades de aplicação clínica.Normalmente, estes biocompósitos são feitos a partir de grânulos ou partículas de vidro bioativo; No entanto, uma nova composição vítrea, desenvolvida recentemente no Laboratório de Materiais Vítreos (LaMaV - UFSCar), apresenta alta estabilidade vítrea e elevada bioatividade, tornando possível a obtenção de fibras bioativas, malhas e peças 3D. A sua alta bioatividade e propriedades bio-reabsorvíveis fazem destas fibras um biomaterial adequado para o reforço de mecânico de biopolímeros e também para atuar como um agente potencializador da interação entre os biocompósitos e os tecidos vivos.Portanto, o objetivo deste estudo é desenvolver biocompósitos inovadores reforçados mecanicamente com fibras de vidro bioativo e com apresentação em diferentes formatos: filmes e peças porosas 3D (scaffolds). Estes novos dispositivos poderão ser aplicados na engenharia de tecidos para regeneração in situ de tecidos moles e duros. Mais especificadamente, o biomaterial em forma de filme será indicado para cicatrização de feridas cutâneas e a forma porosa para regeneração do tecido ósseo. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SOUZA, MARINA TREVELIN; TANSAZ, SAMIRA; ZANOTTO, EDGAR DUTRA; BOCCACCINI, ALDO R. Bioactive Glass Fiber-Reinforced PGS Matrix Composites for Cartilage Regeneration. MATERIALS, v. 10, n. 1 JAN 2017. Citações Web of Science: 8.
SOUZA, MARINA TREVELIN; PEITL, OSCAR; ZANOTTO, EDGAR DUTRA; BOCCACCINI, ALDO R. Novel Double-Layered Conduit Containing Highly Bioactive Glass Fibers for Potential Nerve Guide Application. INTERNATIONAL JOURNAL OF APPLIED GLASS SCIENCE, v. 7, n. 2, p. 183-194, JUN 2016. Citações Web of Science: 6.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.