Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da ansiedade materna na contagem de movimentos fetais pelo método "count to 10" modificado em gestantes de baixo risco

Processo: 13/22660-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2014
Vigência (Término): 30 de junho de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Roseli Mieko Yamamoto Nomura
Beneficiário:Bruna Sanches Ozane Pimenta
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Feto   Gravidez   Obstetrícia   Ansiedade

Resumo

Introdução: A saúde mental das mulheres no período gestacional tem extrema importância, uma vez que as experiências maternas são transmitidas diretamente ao feto. Ansiedade materna e sua associação com à percepção dos movimentos fetais tem sido alvo de estudos com resultados não conclusivos, e este trabalho visa contribuir para o conhecimento do tema. Objetivos: Avaliar a associação entre a contagem de movimentos fetais pelo método "count to 10" modificado e o nível de ansiedade auto-referido por gestantes no terceiro trimestre de gestação. Métodos: Trata-se de um estudo de corte transversal, com coleta prospectiva dos dados no qual serão convidadas a participarem 20 gestantes de baixo risco em acompanhamento pré-natal na Liga de Assistência Obstétrica da UNIFESP, que terão seus níveis de ansiedade e contagem de movimentos fetais relacionados. Serão utilizados os seguintes critérios de inclusão são: feto único e vivo; idade materna entre 18 e 34 anos; sem comorbidades ou complicações; sem uso regular de medicações; idade gestacional entre 36 e 40 semanas; compreensão do método de pesquisa e concordância em participar do estudo. Será solicitado à paciente que responda as questões pertinentes à escala de ansiedade e, em seguida, será entregue o formulário para contagem dos movimentos fetais. O nível de ansiedade da paciente será avaliado por meio do questionário Beck Anxiety Inventory (BAI), validado na língua Portuguesa e os movimentos fetais pelo método "count to 10" modificado. Serão comparados os grupos de acordo com a ansiedade detectada.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
PIMENTA, BRUNA S. O.; NOMURA, ROSELI M. Y.; NAKAMURA, MARY U.; MORON, ANTONIO F. Maternal anxiety and fetal movement patterns in late pregnancy. Journal of Maternal-Fetal & Neonatal Medicine, v. 29, n. 12, p. 2008-2012, JUN 17 2016. Citações Web of Science: 3.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.