Busca avançada
Ano de início
Entree

O controle das doenças a partir do laboratório: a Fundação Rockefeller e os laboratórios de febre amarela nos Estados Unidos, América do Sul e África

Processo: 14/01561-9
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 12 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 11 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História das Ciências
Pesquisador responsável:Cristina de Campos
Beneficiário:Aleidys Hernandez Tasco
Supervisor no Exterior: Cristina Mehrtens
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IG). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Local de pesquisa: University of Toronto (U of T), Canadá  
Vinculado à bolsa:13/13033-4 - Relações científicas internacionais: o programa dos laboratórios de febre amarela da Fundação Rockefeller nos Estados Unidos, América do Sul e África (1935-1947), BP.DR
Assunto(s):História da medicina   Febre amarela

Resumo

Em 1935, a Fundação Rockefeller direcionou todos seus esforços em controlar a febre amarela por meio de atividades de cooperação com os governos do Brasil, Colômbia e das colônias britânicas de Uganda e Nigéria com o estabelecimento de novos laboratórios de campo e centrais, encarregados do estudo desta enfermidade durante 1935 a 1947. A pesquisa apoiada pela Fapesp (Processo 2013/13033-4) tem como objetivo analisar a dinâmica do programa médico-científico que se estabeleceu nestes laboratórios de febre amarela da Fundação Rockefeller a fim de entender as relações científicas internacionais que se formularam a partir do estudo da doença. O objetivo deste estágio de pesquisa no exterior é reunir e examinar a documentação preservada pelo Rockefeller Archive Center, em Nova York, especialmente aquelas fontes para analisar o curso de laboratórios na África, uma vez que toda a documentação primário obtida até agora tem sido dos laboratórios em América do Sul. Esta documentação inclui diários de campo, correspondências, relatórios, entre outros documentos que nos permitam reunir dados empíricos para analisar as relações entre os laboratórios e os seus cientistas, bem como a produção deste conhecimento científico. Este trabalho será desenvolvido sob a supervisão da Professora Anne-Emanuelle Birn, que tem ampla experiência na história do Rockefeller International Health, e atualmente é pesquisadora associada do Dalla Lana School of Public Health da Universidade de Toronto, localizada em Toronto, no Canadá. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)