Busca avançada
Ano de início
Entree

Tarso e pretarso: uma narrativa sobre a evolução e função dos últimos segmentos das pernas das aranhas

Processo: 14/23369-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Antonio Domingos Brescovit
Beneficiário:Facundo Martin Labarque
Instituição-sede: Instituto Butantan. Secretaria da Saúde (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/50689-0 - Sistemática de aranhas haplóginas neotropicais (Arachnida, Araneae), AP.TEM
Assunto(s):Araneae   Sistemática   Anatomia

Resumo

O clássico grupo Haplogynae de aranhas inclui 18 famílias: Filistatidae, Caponiidae, Segestriidae, Dysderidae, Orsolobidae, Oonopidae, Ochyroceratidae, Telemidae, Leptonetidae, Tetrablemmidae, Pholcidae, Diguetidae, Plectreuridae, Sicariidae, Scytodidae, Drymusidae, Periegopidae e Trogloraptoridae. Nas fêmeas com condição haplógina o gonoporo serve tanto como duto de copulação quanto duto de fertilização, sendo diretamente conectado a espermateca e geralmente estruturas externas complexas e esclerotizadas estão ausentes (epigino). Este grupo surge como monofilético na maioria das análises filogenéticas, mas as relações internas entre as famílias ainda são incertas. Para abordar este problema, nós planejamos estudar a morfologia comparativa, anatomia e função dos segmentos distais das pernas de aranhas, em toda a filogenia de aranhas, com ênfase em Haplogynae. A extremidade do tarso das aranhas tem dois côndilos ventrais, um de cada lado, onde o pretarso se articula. O pretarso é uma estrutura em forma de placa que porta duas garras laterais com articulação flexível na parte superior e, geralmente, uma garra mediana proeminente. A extremidade distal das pernas também apresentam outras divisões, como o onychium, escópula pre-tarsal, fendas pre-tarsais e pseudosegmentos. Este sistema de caracteres nunca foi caracterizado ou estudado em relação á filogenia das aranhas. Nós vamos explorar a diversidade de configurações, definir pontos de referência e discutir homologias, convergências e padrões do segmento apical das pernas usando diversas técnicas de microscopia (microscopia de luz, microscopia eletrônica de varredura, microtomografia de raios X e microscópio eletrônica de transmissão) e adicionar esta informação às filogenias morfológicas já publicadas sobre as relações das aranhas Haplogynae. (AU)