Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação de compósitos de PLA com fibra de algodão em bioremediação

Processo: 15/09708-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 31 de julho de 2015
Vigência (Término): 14 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Derval dos Santos Rosa
Beneficiário:Derval dos Santos Rosa
Anfitrião: Prof Andrew Cundy
Instituição-sede: Centro de Engenharia, Modelagem e Ciências Sociais Aplicadas (CECS). Universidade Federal do ABC (UFABC). Ministério da Educação (Brasil). Santo André , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Brighton, Inglaterra  
Assunto(s):Polímeros biodegradáveis   Fibra de algodão

Resumo

O uso de polímeros biodegradáveis tem se constituído uma das estratégias viáveis utilizadas no exterior para minimizar problemas ocasionados pelo descarte inadequado de resíduos plásticos no meio ambiente. Além disso, a biodegradação tem sido considerada um fenômeno extremamente importante, no entanto, ainda percebe-se uma maior necessidade de elucidá-la mais claramente, apesar da existência de normas que padronizem as diversas metodologias existentes. Problemas na determinação do tempo de biodegradação de um determinado material são comuns, uma vez que a velocidade desse processo varia de um método para outro, devido às diferentes condições do meio e dos fatores degradantes a que as amostras são expostas. Associado a isso, o uso de compósitos biodegradáveis tem aumentado significativamente em vista a busca por novas soluções ambientais e uma nova aplicação destes também pode ser a sua utilização como "elementos ativos" nos processos de recuperação ambiental. Nesta perspectiva, pretende-se realizar uma pesquisa (por meio estágio de seis meses), em parceria com o Grupo de Professores Drs. Andy Cundy (Professor of Applied Geochemistry) e Irina Savina (School of Pharmacy and Biomolecular Sciences) da University of Brighton buscando investigar a viabilidade do uso de compósitos de poli(ácido láctico) (PLA), obtidos pela incorporação de fibras de algodão in natura (0, 10 e 20%, em massa), como agentes adsorventes de componentes orgânicos e de metais na bioremediação de sistemas contaminados (água ou solo). Os materiais serão preparados e caracterizados no Brasil (no Laboratório de pesquisa do proponente) e na Universidade de Brighton pretende-se avaliar o uso dos compósitos como agente ativos nos processos de bioremediação de sistemas contaminados (com substâncias orgânicas e com resíduos metálicos). Nessa pesquisa pretende-se ainda se ter um treinamento/especialização nas expertise em remediação, que o grupo de pesquisa da University of Brighton possui. Além disso, a integração do Grupo do Prof. Cundy ampliará a atuação do proponente, que vem atuando em biodegradação de materiais e não tem tido experiência na associação do processo de biodegradação e a remoção de metais e/ou materiais orgânicos em sistemas contaminados.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.