Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da eficácia de uma estimulação ovariana controlada simplificada e de custo reduzido

Processo: 15/12996-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2015
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Saúde Materno-infantil
Pesquisador responsável:Wellington de Paula Martins
Beneficiário:Beatrice Nuto Nóbrega
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Acesso aos serviços de saúde   Indução da ovulação   Reprodução humana   Técnicas de reprodução assistida

Resumo

O custo para o tratamento da infertilidade restringe muito o acesso ao tratamento, principalmente se considerarmos que a taxa de sucesso por ciclo é de aproximadamente 35%. Há descrito na literatura médica, esquemas alternativos de estimulação ovariana controlada (EOC) que levam a um menor custo, menos injeções e menor risco de eventos adversos, particularmente de síndrome da hiperestimulação ovariana. O objetivo deste estudo é avaliar a eficácia de uma EOC simplificada e com custo reduzido, estimando o número de oócitos captados e de embriões formados. Estudo de coorte prospectiva que será conduzido no setor de reprodução humana do Departamento de Ginecologia e Obstetrícia do Hospital das Clínicas da FMRP-USP. Serão consideradas elegíveis as mulheres que estiverem agendadas para realizar EOC em nosso serviço com idade entre 18 e 40 anos, peso inferior a 90 quilos e contagem de folículos antrais (CFA) superior a 8. As pacientes serão separadas em dois grupos de acordo com a resposta esperada à indução da ovulação, determinada previamente pela CFA. Planejamos incluir 20 participantes de cada grupo, 40 pacientes no total, que serão submetidas à EOC simplificada e de custo reduzido utilizando citrato de clomifeno (CC), letrozol (LTZ) e corifolitropina alfa, com desencadeamento da maturação folicular final utilizando um agonista do GnRH, a leuprolida, seguida da captação de oócitos entre 34 e 36 horas após. Todos os embriões formados serão criopreservados. O nosso desfecho principal será o número de óvulos captados e como desfechos secundários, o número de embriões formados.

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
NÓBREGA, Beatrice Nuto. Avaliação da eficácia de uma estimulação ovariana controlada simplificada e de custo reduzido - um estudo piloto. 2018. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.