Busca avançada
Ano de início
Entree

Detecção molecular, quantificação, distribuição tecidual e determinação das alterações patológicas de vírus entéricos relacionados com doença entérica em galinhas.

Processo: 15/09348-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2015
Vigência (Término): 31 de outubro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Antonio José Piantino Ferreira
Beneficiário:Luis Fabian Nuñez Naranjo
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Nanismo   Doenças das aves

Resumo

As doenças entéricas causam problemas econômicos significativos, devido o comprometimento do sistema digestivo das aves em fase de crescimento. Consequentemente, há redução no ganho de peso, crescimento desuniforme do lote, às vezes, mortalidade. Entre os problemas entéricos, relaciona-se a síndrome do nanismo e retardo do crescimento (RSS - Runting Stunting Syndrome) considerado uma das mais importantes manifestações clínicas dos vírus entéricos. A RSS é uma doença entérica caracterizada principalmente por diarreia, nanismo, perda do ganho de peso e mortalidade. O Parvovírus de galinha (ChPV), astrovírus de galinha (CAstV), e o vírus da nefrite aviária (ANV) estão associados à RSS, sendo identificados em surtos em todo o mundo. Existem poucas informações com respeito a estes três vírus que estão sendo investigados como causadores de problemas entéricos, especialmente de diarreia, sintoma relacionado com RSS nas granjas avícolas. No Brasil, foram detectados e isolados de galinhas e frangos comerciais sadios ou com problemas entéricos. Ainda não se conhece o envolvimento destes vírus como causadores de doenças entéricas. CAstV, ANV e ChPV isolados e armazenados no Laboratório de Ornitopatologia da FMVZ- USP, serão inoculados em aves de um dia de idade com o objetivo de reproduzir a síndrome. As aves serão divididas em quatro (04) grupos, um para cada um dos vírus acima nomeados e um que servirá como controle negativo. O presente projeto tem como objetivo: 1) identificar e quantificar cada um dos vírus estudados por uma reação de PCR em tempo real para cada um dos vírus que será padronizada e validada; 2) reproduzir a síndrome do nanismo e retardo do crescimento por infecção experimental usando o vírus individual, 3) determinar as alterações macroscópicas e microscópicas induzidas por estes vírus; 4) detectar o vírus em células infectadas por meio de microscopia eletrônica de transmissão.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
N. NUNEZ, LUIS FABIAN; SANTANDER-PARRA, SILVANA H.; DE LA TORRE, DAVID I.; SA, LILIAN R. M. DE; BUIM, MARCOS R.; ASTOLFI-FERREIRA, CLAUDETE S.; PIANTINO FERREIRA, ANTONIO J. Molecular Characterization and Pathogenicity of Chicken Parvovirus (ChPV) in Specific Pathogen-Free Chicks Infected Experimentally. PATHOGENS, v. 9, n. 8 AUG 2020. Citações Web of Science: 0.
DE LA TORRE, D.; NUNEZ, L. F. N.; PUGA, B.; PARRA, S. H. S.; ASTOLFI-FERREIRA, C. S.; FERREIRA, A. J. P. Molecular Diagnostic of Chicken Parvovirus (ChPV) Affecting Broiler Flocks in Ecuador. Brazilian Journal of Poultry Science, v. 20, n. 4, p. 643-650, OCT-DEC 2018. Citações Web of Science: 1.
NUNEZ, LUIS FABIAN N.; SANTANDER PARRA, SILVANA H.; DE LA TORRE, DAVID; CATROXO, MARCIA H.; BUIM, MARCOS R.; CHACON, RUY V.; ASTOLFI FERREIRA, CLAUDETE S.; PIANTINO FERREIRA, ANTONIO J. Isolation of avian nephritis virus from chickens showing enteric disorders. POULTRY SCIENCE, v. 97, n. 10, p. 3478-3488, OCT 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.