Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelando os determinantes ecológicos da dinâmica macroevolutiva

Processo: 15/15251-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 20 de novembro de 2015
Vigência (Término): 19 de abril de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia
Pesquisador responsável:Tiago Bosisio Quental
Beneficiário:Mathias Mistretta Pires
Supervisor no Exterior: Charles R. Marshall
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : University of California, Berkeley (UC Berkeley), Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/22016-6 - Os efeitos da imigração sobre a dinâmica da diversificação de mamíferos na América do Norte, BP.PD
Assunto(s):Competição

Resumo

Um padrão recorrente encontrado no registro fóssil é a substituição de clados inteiros por linhagens ecologicamente similares. Esses fenômenos sugerem que interações ecológicas entre espécies em diferentes clados podem interferir na dinâmica evolutiva de uma dada linhagem. Nesse projeto propomos desenvolver modelos de diversificação que incluam componentes mecanísticos que poderiam originar esses padrões macroevolutivos. Mais especificamente, pretendemos generalizar modelos de diversificação desenvolvidos no passado incluindo fatores como sobreposição de nicho, assimetria nos efeitos das interações e flutuações na diversidade de equilíbrio. Em seguida, iremos investigar os resultados desses modelos sob uma parametrização realista e comparar os resultados com dados empíricos. Assim, poderemos gerar previsões teóricas para padrões macroevolutivos em diferentes cenários ecologicamente plausíveis. O estudo proposto nesse projeto irá contribuir para o desenvolvimento das disciplinas de macroevolução e paleobiologia estabelecendo um quadro de referência teórico que conecta ecologia e dinâmica macroevolutiva. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.