Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de membranas aniônicas obtidas por enxertia via irradiação para aplicação em células a combustível alcalinas

Processo: 15/23621-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 08 de março de 2016
Vigência (Término): 23 de fevereiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Elisabete Inacio Santiago
Beneficiário:Elisabete Inacio Santiago
Anfitrião: John Robert Varcoe
Instituição-sede: Instituto de Pesquisas Energéticas e Nucleares (IPEN). Secretaria de Desenvolvimento Econômico (São Paulo - Estado). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Surrey, Inglaterra  
Assunto(s):Eletroquímica

Resumo

O projeto ora proposto se baseia na síntese e caracterização de membranas aniônicas produzidas por enxertia via irradiação para a aplicação em células a combustível de membrana de troca aniônica (AEMFC). Como polímeros-base serão utilizados polímeros não-fluorados, parcialmente fluorados e fluorados, tais como polietileno (PE), poli(tetrafluoroetileno-co-hexafluoropropileno) (FEP) e poli(etileno-co-tetrafluoroetileno) (ETFE), que serão enxertados com monômeros baseados em estireno. A enxertia dos polímeros-base ocorrerá por irradiação simultânea e pré-irradiação, com radiação induzida com fonte de 60Co e feixe de elétrons, respectivamente. A funcionalização com grupos amônio quaternário será realizada com diferentes aminas para comparação. As membranas resultantes serão caracterizadas em termos de composição (estrutura), condutividade iônica e estabilidades química e mecânica e, por fim, avaliadas como eletrólitos em protótipos de células a combustível alcalinas alimentadas hidrogênio (H2) e oxigênio (O2), no intervalo de temperatura de 50 a 80pC.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.