Busca avançada
Ano de início
Entree

Determinação dos coeficientes de atrito em aços consolidados pela técnica de Spark Plasma Sintering (SPS)

Processo: 15/20099-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2015
Vigência (Término): 31 de março de 2017
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Processos de Fabricação
Pesquisador responsável:Izabel Fernanda Machado
Beneficiário:Guido Boidi
Instituição-sede: Escola Politécnica (EP). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Aço   Caracterização microestrutural   Tribologia

Resumo

Este trabalho propõe o estudo da sinterização de misturas de pós de três tipos de aço sinterizadas utilizando o Processo de Sinterização por Corrente Elétrica Pulsada (SPS). Esses materiais serão avaliados com relação ao seu desgaste e atrito em ensaios a seco e lubrificados em condições reciprocantes. Esses materiais tem potencial aplicação para a manufatura de engrenagens sinterizadas. Objetiva-se obter uma elevada dureza superficial, uma excelente resistência ao desgaste e boa ductibilidade do núcleo, portanto as amostras, depois o processo de sinterização, poderão ser submetidas a um tratamento termoquímico de carbonitretação. A caracterização dos materiais será realizada através do cálculo da densidade e da análise microestrutural (microscopia óptica (LOM), microscopia eletrônica de varredura (MEV) e análises químicas semi-quantitativas (EDS)) . As propriedades mecânicas serão avaliadas através das medidas de dureza, microdureza. Para avaliação do desempenho tribológico e coeficientes de atrito será utilizado o tribômetro SRV 4® (Optimol). Nos ensaios serão variados a temperatura e/ou o carregamento para obtenção dos respectivos coeficientes de atrito e avaliação de desgaste. O material do contra corpo no ensaio tribológico será o aço AISI 52100.