Busca avançada
Ano de início
Entree

Definição de Padrões de Usabilidade para Interfaces de Software Aplicadas em Atividades de Gestão da Biodiversidade e Mudanças Climáticas e um Estudo de Caso Aplicável a Pandemias Sazonais

Processo: 16/04827-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de setembro de 2016
Vigência (Término): 31 de agosto de 2017
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação
Pesquisador responsável:Marcelo Morandini
Beneficiário:Marcelo Morandini
Anfitrião: Suzanne L Allard
Instituição-sede: Escola de Artes, Ciências e Humanidades (EACH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Tennessee (UT), Estados Unidos  
Assunto(s):Biodiversidade   Interface usuário-computador   Mudança climática

Resumo

Atualmente os princípios de usabilidade que podem ser empregados para se procurar garantir um produto que corresponda às expectativas do usuário e que traga qualidade à solução apresentada ganham evidência dentre os profissionais da área de desenvolvimento de sistemas computacionais. Dessa forma, desenvolver um produto de software que atenda às expectativas dos usuários é fundamental em quaisquer domínios de aplicação. Particularmente, o monitoramento da biodiversidade e das condições climáticas é uma das ferramentas mais importantes para a gestão de áreas protegidas e, para que os dados obtidos sejam eficazes e produzam resultados confiáveis, é necessário que cada passo do processo - coleta, estruturação, digitalização, armazenamento e acesso aos dados - deve ser realizado utilizando ferramentas específicas que minimizem perdas ou distorções. Dentro deste contexto, o objetivo geral dessa proposta é gerar um conjunto de padrões de usabilidade para apoiar o desenvolvimento de sistemas que suportem esses domínios de aplicação e possam ser também empregados para análises acerca de pandemias causadas por agentes transmissores sazonais que dependam de condições climáticas, como é o caso do Aedes Aegypts. Ainda, pretende-se gerar documentos de diretrizes que podem ser usados como guia para os desenvolvedores de sistemas de apoio, sendo que para alcançar estes objetivos. Pretende-se também utilizar estratégias e ferramentas de suporte para avaliar a usabilidade de sistemas de apoio a essas atividades de monitoramento. Para finalizar, destaca-se que as atividades a serem realizadas serão apoiadas por pesquisadores envolvidos nas áreas relacionadas à Interação Humano-Computador (IHC) e Big Data tanto na Universidade de Tennessee quanto no Oak Ridge National Laboratory, que desenvolvem ambientes e pesquisas nesta área.