Busca avançada
Ano de início
Entree

Termo-cronologia aplicada à modelamentos geotectônicos: o caso do Orógeno Brasília Meridional, Brasil

Processo: 16/06952-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de julho de 2016
Vigência (Término): 31 de outubro de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Helena Bezerra Maia de Hollanda
Beneficiário:Alice Westin Teixeira
Instituição-sede: Instituto de Geociências (IGC). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Gondwana

Resumo

Termo-cronologia é uma técnica que aplica sistemas químicos e isotópicos para extrair informações sobre a história termal de uma rocha, mineral ou terrenos geológicos. O conhecimento da história termal, associado à outras informações geológicas permite estabelecer a duração/idade de processos geológicos-chave para o entendimento da evolução da história da Terra, como processos de subducção, colisão e exumação.Este projeto tem como objetivo principal testar os diferentes modelos de evolução tectônica para o Orógeno Brasília Meridional disponíveis na literatura, utilizando como base métodos termo-cronológicos variados. Os resultados obtidos trarão novas evidências para a compreensão dos mecanismos geotectônicos vigentes durante a aglutinação do Gondwana no Neoproterozóico.Os termo-cronômetros 40Ar/39Ar em hornblenda, muscovita e biotita e U-Th-Pb em zircão metamórfico, titanita e monazita serão aplicados em amostras pertencentes às diferentes nappes do orógeno. Tais sistemas estão entre os mais utilizados atualmente em estudos de termo-cronologia, apresentando temperaturas de fechamento variáveis desde 300 ºC até >900 ºC. Análise petrográfica detalhada, imagens de catodoluminescência e de elétrons retro espalhados de grãos serão ferramentas essenciais para a diferenciação de cristais de diferentes fases e identificação de possíveis zoneamentos composicionais em um mesmo mineral. Desta forma, os diferentes estágios do evento metamórfico que afetou cada uma das nappes serão cuidadosamente datados. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
WESTIN, ALICE; CAMPOS NETO, MARIO C.; CAWOOD, PETER A.; HAWKESWORTH, CHRIS J.; DHUIME, BRUNO; DELAVAULT, HELENE. The Neoproterozoic southern passive margin of the Sao Francisco craton: Insights on the pre-amalgamation of West Gondwana from U-Pb and Hf-Nd isotopes. Precambrian Research, v. 320, p. 454-471, JAN 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.