Busca avançada
Ano de início
Entree

Influência dè um protocolo dè treinamento Èm circuito N‚O tecido adiposo intermuscular dè pacientes com osteoartrite de joelho: um ensaio clínico randomizado controlado

Processo: 16/05047-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2016
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Stela Márcia Mattiello
Beneficiário:Aline Castilho de Almeida
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/00798-2 - A matriz extracelular no envelhecimento, no exercício e no microambiente tumoral, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):16/22884-6 - Alterações na força e composição da coxa em adultos mais velhos com osteoartrite de joelho, BE.EP.DR
Assunto(s):Tomografia computadorizada   Adipocinas   Inflamação   Fisioterapia

Resumo

Introdução: O aumento de tecido adiposo intermuscular (IMAT) pode contribuir na fraqueza muscular e consequentemente na progressão da OA de joelho. A prescrição de protocolos de exercício físico tem sido utilizada como estratégia de tratamento para minimizar alguns dos acometimentos. O treinamento em circuito (TC) envolve a combinação de exercícios de força e aeróbios na mesma sessão e tem mostrado benefícios na composição corporal e função física. Porém a literatura não está clara com relação às influências do TC na concentração de IMAT na população com OA de joelho. Objetivo: Comparar a influência de um protocolo de TC de 14 semanas com um protocolo de treinamento de força (TF) e um protocolo educacional na composição corporal e na concentração de IMAT da coxa assim como em indicadores de degradação da cartilagem e inflamação sistêmica e sua repercussão na qualidade de vida em pacientes com OA de joelho. Método: O presente estudo apresenta um desenho de ensaio clínico randomizado controlado. Serão selecionados 60 participantes diagnosticados com OA de joelho graus II e III, com idade entre 40 e 65 anos e IMC<30kg/m2, divididos aleatoriamente em três grupos: participantes submetidos ao treinamento em circuito (GTC), submetidos ao treinamento de força (GTF) e não submetidos ao treinamento, que realizará o protocolo educacional (GPE), que consistirá em visitas semanais com orientações sobre estilo de vida saudável. Os participantes dos grupos GTC serão submetidos a protocolos de treino periodizado de progressão de carga de 14 semanas, com sessões que terão duração de 15 minutos nas primeiras semanas e chegarão a 35 minutos nas últimas semanas, sendo somados 10 minutos entre aquecimento e desaquecimento. O GTF será submetido a exercícios de. fortalecimento também por 14 semanas, utilizando volume de treino composto por séries e repetições, sem seguir o modelo de progressão de cargas do TC. O TC será realizado três vezes por semana, e o TF será realizado duas vezes por semana. Todos os participantes realizarão avaliações pré e pós TC das variáveis: IMAT da coxa (tomografia computadorizada); composição corporal (Densitometria óssea - DXA), concentrações dos biomarcadores inflamatórios: IL-1², IL-6, IL-10, TNF-±, leptina e adiponectina, e biomarcadores de degradação articular (uCTX-II e sCOMP), testes de desempenho funcional (caminhada de seis minutos, sentar e levantar, subir e descer escadas), força muscular (contração isométrica voluntária máxima - CIVM), questionários WOMAC, KOOS e escala de catastrofização de dor. Durante o protocolo de treinamento, as variáveis uCTX-II, sCOMP e CIVM também serão avaliadas. Para a comparação entre os grupos será aplicado o teste ANOVA one-way. Quando encontrados efeitos principais significativos, o teste de Bonferroni será utilizado para identificação das diferenças estatísticas. Para a comparação entre os tempos de coletas (pré, durante e pós TC) para as variáveis uCTX-II, sCOMP e CIVM será realizado ANOVA de medidas repetidas com post hoc de Bonferroni, e para as variáveis WOMAC, KOOS, DXA, tomografia computadorizada, testes funcionais e citocinas inflamatórias (pré e pós treino) será realizado o teste t pareado. Será adotado um nível de significância de 5% (pd0,05).

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE ALMEIDA, ALINE CASTILHO; AILY, JESSICA BIANCA; PEDROSO, MARIA GABRIELA; GONCALVES, GLAUCIA HELENA; PASTRE, CARLOS MARCELO; MATTIELLO, STELA MARCIA. Reductions of cardiovascular and metabolic risk factors after a 14-week periodized training model in patients with knee osteoarthritis: a randomized controlled trial. CLINICAL RHEUMATOLOGY, JUN 2020. Citações Web of Science: 0.
DE ALMEIDA, ALINE CASTILHO; AILY, JESSICA BIANCA; PEDROSO, MARIA GABRIELA; GONCALVES, GLAUCIA HELENA; FELINTO, JONAS DE CARVALHO; FERRARI, RICARDO JOSE; PASTRE, CARLOS MARCELO; MATTIELLO, STELA MARCIA. A periodized training attenuates thigh intermuscular fat and improves muscle quality in patients with knee osteoarthritis: results from a randomized controlled trial. CLINICAL RHEUMATOLOGY, v. 39, n. 4, p. 1265-1275, APR 2020. Citações Web of Science: 0.
PEDROSO, MARIA GABRIELA; DE ALMEIDA, ALINE CASTILHO; AILY, JESSICA BIANCA; DE NORONHA, MARCOS; MATTIELLO, STELA MARCIA. Fatty infiltration in the thigh muscles in knee osteoarthritis: a systematic review and meta-analysis. RHEUMATOLOGY INTERNATIONAL, v. 39, n. 4, p. 627-635, APR 2019. Citações Web of Science: 0.
DE ALMEIDA, ALINE CASTILHO; PEDROSO, MARIA GABRIELA; AILY, JESSICA BIANCA; GONCALVES, GLAUCIA HELENA; PASTRE, CARLOS MARCELO; MATTIELLO, STELA MARCIA. Influence of a periodized circuit training protocol on intermuscular adipose tissue of patients with knee osteoarthritis: protocol for a randomized controlled trial. BMC MUSCULOSKELETAL DISORDERS, v. 19, NOV 30 2018. Citações Web of Science: 2.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.