Busca avançada
Ano de início
Entree

Modelo espaço-temporal para a predição da concentração de material particulado fino (MP2.5) na Região Metropolitana de São Paulo

Processo: 16/09411-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2017
Vigência (Término): 30 de abril de 2019
Área do conhecimento:Interdisciplinar
Pesquisador responsável:Paulo Hilário Nascimento Saldiva
Beneficiário:Aline Santos Damascena
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/21728-2 - Uso de modernas técnicas de autópsia na investigação de doenças humanas (MODAU), AP.TEM
Assunto(s):Exposição ambiental   Poluição atmosférica

Resumo

Os padrões espaço-temporais da concentração de material particulado atmosférico (MP) são conhecidos por ser um importante fator para prever alguns desfechos de saúde de habitantes em uma área urbana. Em geral, o número de estações de monitoramento de MP numa determinada região é menos do que o que é necessário para alcançar a resolução adequada. Os modelos estatísticos para dados como Aerosol Optical Depth (AOD) e variáveis de uso da terra são usados para preencher a lacuna. Nosso objetivo é desenvolver modelos que permitam a estimativa da concentração de MP a uma resolução desejável e usar os resultados para avaliar o impacto sobre os desfechos de saúde das pessoas que vivem na área metropolitana de São Paulo, Brasil. Temos a intenção de colaborar com os investigadores da Escola de Saúde Pública de Harvard de que têm experiência em modelagem de dados do tipo AOD em alta resolução.