Busca avançada
Ano de início
Entree

Um estudo etnográfico sobre a comunicação de decisões sobre aspectos de UX em um time ágil

Processo: 17/03397-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 17 de julho de 2017
Vigência (Término): 16 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Ciência da Computação - Metodologia e Técnicas da Computação
Pesquisador responsável:Luciana Aparecida Martinez Zaina
Beneficiário:Luciana Aparecida Martinez Zaina
Anfitrião: Dr Helen Claire Sharp
Instituição-sede: Centro de Ciências em Gestão e Tecnologia (CCGT). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Campus de Sorocaba. Sorocaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : Open University, Inglaterra  
Assunto(s):Etnografia   Engenharia de software   Métodos ágeis

Resumo

As questões de como lidar com aspectos de UX durante o desenvolvimento de software tem sido exploradas por vários trabalhos nos últimos anos. No contexto dos métodos ágeis, muitos desafios têm sido enfrentados pelos times ágeis no sentido de alinhar as práticas de UX aos métodos ágeis. Para superar esses desafios, alguns trabalhos apresentam propostas sobre a integração de UX às práticas ágeis. No entanto, pouco tem sido investigado sobre como os aspectos de UX são efetivamente informados pelos membros de um time ágil. Ou seja, como esses aspectos são representados e comunicados pelos membros do time em seu local de trabalho diariamente. Considerando que a comunicação entre os membros do time é um valor-chave da abordagem ágil, este projeto tem como objetivo realizar um estudo etnográfico sobre como ocorre a comunicação das decisões sobre os aspectos de UX em um time. O foco deste projeto é descobrir quais formas são adotados pelo time e como ele as usam para informar esses aspectos. Desta forma, será possível compreender como a informação sobre tais aspectos fluem através do processo de desenvolvimento. Além disso, os resultados deste projeto podem revelar novos desafios referentes às questões de comunicação em times ágeis para serem explorados no futuro.