Busca avançada
Ano de início
Entree

Produção de eletrodos de difusão gasosa modificados com óxidos bimetálicos de Nb, Mo, Pd ou Zr para a produção de H2O2 in situ

Processo: 16/12597-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2017
Vigência (Término): 30 de junho de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Marcos Roberto de Vasconcelos Lanza
Beneficiário:Leandro Cesar Trevelin
Instituição-sede: Instituto de Química de São Carlos (IQSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/02762-5 - Desenvolvimento de tecnologias de prevenção à poluição: degradação e monitoramento on-line de antibióticos em esgotos, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):18/17279-1 - Síntese e caracterização de óxidos bimetálicos de Zr, mo e PD incorporados em grafeno reduzido, BE.EP.DR
Assunto(s):Peróxido de hidrogênio   Eletrocatálise   Eletroquímica

Resumo

O presente trabalho visa o desenvolvimento de novos modificadores de óxidos bimetálicos constituídos de Nióbio, Molibdênio, Paládio e Zircônio suportados em carbono Printex 6L, sintetizados a partir do método dos precursores poliméricos, para a avaliação do caminho de reação da reação de redução de oxigênio (RRO). Esse estudo é necessário para escolha dos modificadores mais eficientes para a produção de H2O2 a partir da RRO, e escolhidos os melhores materiais, serão confeccionados Eletrodos de Difusão Gasosa Modificados (EDGM) para o estudo de quantificação da produção H2O2 e posteriormente avaliados no desenvolvimento e aprimoramento de sistemas com reatores de fluxo contínuo. A análise dos materiais será desenvolvida por meio de técnicas eletroquímicas (voltametrias cíclicas, cronoamperometrias e voltametrias de varredura linear) e também por caracterizações físicas como análise termogravimétrica (do inglês, TGA), fluorescência de raios X (FRX), difração de raios X (DRX), microscopia eletrônica de transmissão (MET) e espectroscopia eletrônica de Raios X (do inglês, XPS). O desenvolvimento dos EDG será realizado a partir de uma célula eletroquímica de bancada com capacidade para 400 mL com um eletrodo de trabalho de 20 cm2 acoplado, sendo que a expectativa é a ampliação para o uso em reatores de recirculação em fluxo com eletrodos de trabalho de 200 cm2 (eletrodo individual ou sistema de composição de eletrodos em série) e solução eletrolítica de aproximadamente 15 L, onde serão avaliadas as melhores condições eletroquímicas de produção de H2O2, bem como condições hidráulicas de operação. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA, ROBSON S.; VALIM, RICARDO B.; TREVELIN, LEANDRO C.; STETER, JULIANA R.; CARNEIRO, JUSSARA F.; FORTI, JULIANE C.; BERTAZZOLI, RODNEI; LANZA, MARCOS R. V. Electrocatalysis of Hydrogen Peroxide Generation Using Oxygen-Fed Gas Diffusion Electrodes Made of Carbon Black Modified with Quinone Compounds. ELECTROCATALYSIS, v. 11, n. 3 MAR 2020. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.