Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos efeitos citotóxicos, genotóxicos e mutagênicos das nanopartículas de dióxido de titânio (TiO2) em linhagem celular CHO-K1 derivada de ovário de hamster chinês

Processo: 17/19600-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2018
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Citologia e Biologia Celular
Pesquisador responsável:Marisa Narciso Fernandes
Beneficiário:Cibele Bonicelli Gambarotto
Instituição-sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:14/05701-0 - Respostas integradas de curimbatá, Prochilodus lineatus (Teleostei) às nanopartículas de dióxido de titânio (TiO2) e identificação de biomarcadores para o monitoramento ambiental, AP.TEM
Assunto(s):Dióxido de titânio   Nanopartículas   Genotoxicidade   Citotoxicidade   Testes de mutagenicidade   Sobrevivência celular

Resumo

Em consequência do seu tamanho diminuto, nanomateriais apresentam grande área de superfície e maior reatividade devido ao alto nível de energia contida na superfície dos átomos. As nanopartículas de dióxido de titânio (NP-TiO2) são empregadas em inúmeros produtos de consumo, por exemplo, alimentos, cosméticos e fármacos, o uso intensivo das NP-TiO2 tem sido associado a doenças pulmonares, rins e fígado, incluindo até mutações gênicas. Por ser amplamente utilizadas é necessário um estudo quanto aos possíveis efeitos da exposição das células à NP-TiO2. O objetivo deste estudo é avaliar a viabilidade e os efeitos genotóxicos e mutagênicos de diferentes concentrações (0,25; 0,5; 0,75; 1,0 µg mL-1) de NP-TiO2 em células de ovário de hamster chinês (CHO-k1) após 24 h de exposição. As NP-TiO2 serão caracterizadas quanto ao potencial zeta e diâmetro hidrodinâmico em meio de cultura com e sem soro bovino fetal. A viabilidade celular será avaliada por meio dos ensaios de exclusão do corante azul de tripano e os efeitos genotóxicos e mutagênicos serão avaliados utilizando o ensaio Cometa e micronúcleo, respectivamente. (AU)