Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito do tratamento com renina sobre a expressão de fibronectina e beta-catenina em células trabeculares humanas

Processo: 17/05657-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2018
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Pesquisador responsável:Jayter Silva de Paula
Beneficiário:Valéria Batista Boreck Seki
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Oftalmologia   Glaucoma   Humor aquoso   Pressão intraocular   Sistema renina-angiotensina   beta Catenina   Fibronectinas

Resumo

No glaucoma diversos fatores relacionados ao processo de isquemia estão associados à lesões teciduais específicas. Nessa doença modificações celulares e extracelulares no canal de Schlemm e na malha trabecular cursam com o aumento da pressão intraocular observado por aumento da resistência ao escoamento do humor aquoso. O sistema renina-angiotensina tem sido envolvido em inúmeras situações patológicas de isquemia e estresse oxidativo em diversos tecidos, incluindo o olho, porém no glaucoma os principais pontos deste processo ainda não foram elucidados. Considerando que a modulação de elementos do sistema renina-angiotensina se mostrou capaz de reduzir a pressão intraocular em humanos e em modelos experimentais de glaucoma, faz-se a hipótese de que esse sistema poderia promover alterações patológicas no segmento anterior de pacientes com glaucoma. Para testar essa hipótese, este estudo irá avaliar expressão de fibronectina e beta-catenina em células trabeculares humanas, in vitro, após o tratamento com renina. Os achados procedentes deste trabalho poderão esclarecer a relação entre componentes do sistema renina-angiotensina e alterações na drenagem do humor aquoso observadas em olhos de pacientes com glaucoma. As informações advindas deste estudo serão importantes para desenvolvimento futuro de novas abordagens terapêuticas tanto para o glaucoma quanto para outras afecções isquêmicas oculares. (AU)