Busca avançada
Ano de início
Entree

Padrões climáticos de superfície e regionalização estatística em terreno complexo no Sudeste do Brasil

Processo: 18/05327-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de abril de 2018
Vigência (Término): 31 de maio de 2019
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Meteorologia
Convênio/Acordo: Belmont Forum
Pesquisador responsável:Humberto Ribeiro da Rocha
Beneficiário:Martin Christian Marcel Martin
Instituição-sede: Instituto de Astronomia, Geofísica e Ciências Atmosféricas (IAG). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:15/50682-6 - Investimentos pró-climáticos inteligentes em bacias de montanhas tropicais da América do Sul (ClimateWise), AP.PFPMCG.TEM
Assunto(s):Clima de montanha   Climatologia

Resumo

O clima da superficie terrestre é um relevante processo nos fenômenos de várias áreas como hidrologia, agricultura e ecologia. No Brasil as informações do clima superficial são ainda incompletas para representar a grande variabilidade espaço-temporal. Nas áreas de montanha a varibilidade amplia-se especialmente, devido aos vários processos controlados pela morfologia da paisagem. Neste projeto investigremos os padrões do clima superficial nas regiões de montanha no Sudeste do Brasil, com o propósito de desenvolver models estatísticos de regionalização com alta resolução espacial e temporal, com ênfase nos campos de temperatura e umidade do ar, e velocidade do vento. Utilizaremos dados de medidas de estações meteorológicas de superfície, saídas de modelos atmosféricos globais, produtos de satélite e de modelos digitais de elevação, para gerar novos produtos nas escalas local e meso. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.