Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação radiográfica padronizada das doenças intersticiais pulmonares: correlação com a TC e classificação ATS/ERS

Processo: 17/22991-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de julho de 2018
Vigência (Término): 30 de junho de 2019
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Radiologia Médica
Pesquisador responsável:Marcel Koenigkam Santos
Beneficiário:Rodrigo Monte Alegre de Almeida
Instituição-sede: Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto (FMRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Doenças pulmonares intersticiais   Fibrose pulmonar   Tomografia computadorizada   Radiografia torácica   Técnicas e procedimentos diagnósticos

Resumo

A radiografia simples (RX) do tórax é o exame de imagem mais simples, barato e disponível, sendo em geral o primeiro exame na avaliação radiológica das doenças pulmonares. Na avaliação da doença intersticial pulmonar (DIP), o exame de imagem de escolha é a tomografia computadorizada de alta resolução (TCAR). Apesar de a TCAR ser o padrão ouro para avaliação da DIP, o RX de tórax é frequentemente o exame inicial diante da suspeita clínica. Já está estabelecido na literatura médica o papel da TCAR e da abordagem multidisciplinar no diagnóstico das DIPs, porém, não há um consenso em relação à interpretação do RX de tórax e seu papel na classificação e manejo destas doenças. Neste estudo, objetivamos organizar um banco de dados e imagens de pacientes com diagnóstico de DIP em seguimento clínico em nosso hospital e realizar uma avaliação padronizada dos exames de RX de tórax destes pacientes, correlacionando com a TCAR e a classificação atualizada das doenças intersticiais e pneumonias intersticiais idiopáticas. Também será averiguado se o RX de tórax pode auxiliar no diagnóstico e na escolha do protocolo mais adequado de TC diante da suspeita clínica de DIP. (AU)