Busca avançada
Ano de início
Entree

Como modular a ligação química Rutênio-NO a partir de ligantes de diferente natureza?

Processo: 19/00543-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Físico-química
Pesquisador responsável:Renato Pereira Orenha
Beneficiário:Graziele Cappato Guerra Silva
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Química teórica   Ligação química   Óxido nítrico   Rutênio   Compostos de coordenação

Resumo

A molécula de óxido nítrico desempenha um papel chave em uma série de processos fisiológicos e fisiopatológicos como, por exemplo, atuando via mensageiro biológico na vasodilatação, apresentando um importante papel como neurotransmissor, e mesmo estando vinculado aos processos de aprendizagem e memorização. Compostos de coordenação Ru-NO aminas são utilizados como modelo para o estudo do controle da biodisponibilidade do NO através de reações de redução química. Dentro deste contexto, entender o mecanismo da ligação Ru-NO sobre a influência dos outros ligantes na esfera de coordenação do metal é essencial. Deste modo, este projeto visa estudar a natureza da ligação química Ru-NO em decorrência da influência dos ligantes em posição cis e trans ao grupo NO: I) Ã doador (H- e NH3); II) À doador (NH2- e H2O); e III) À aceptor (CN- e CO). Para a realização deste projeto, a geometria dos complexos será otimizada junto ao modelo computacional BP86/def2-TZVP. O mecanismo da ligação Ru-NO será determinado através da Análise de Decomposição Energética, complementada pela metodologia dos Orbitais Naturais para Valência Química.