Busca avançada
Ano de início
Entree

QCD perturbativa em ordens altas no decaimento h em GG

Processo: 19/17046-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2019
Vigência (Término): 31 de março de 2020
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Física - Física das Partículas Elementares e Campos
Pesquisador responsável:Diogo Rodrigues Boito
Beneficiário:Gabriel Augusto das Neves
Supervisor no Exterior: Jan Piclum
Instituição-sede: Instituto de Física de São Carlos (IFSC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Siegen, Alemanha  
Vinculado à bolsa:18/12305-4 - Distribuições angulares no decaimento tau a K PI neutrino, BP.MS
Assunto(s):Grupo de renormalização

Resumo

Na ausência de observação direta de física além do modelo padrão no LHC, testes precisos da teoria requerem precisão cada vez maior. A largura de decaimento do bóson de Higgs em glúons é conhecida até quarta ordem no acoplamento forte, alpha_s. Neste trabalho, estudaremos os efeitos devidos a correções de QCD de ordemsuperior neste decaimento. O cálculo principal do projeto será feito no chamado limite de alto beta_0 (beta zero) da QCD, onde a série perturbativa é conhecida em todas as ordens em alpha_s. O objetivo é prever rigorosamenteas contribuições negligenciadas no cálculo atuale obter de maneira confiável a incerteza teórica associada ao truncamento da série perturbativa. Além disso, estudaremos a melhor prescrição para a escolha da escala de renormalização no processo. Nossos resultados deverão, no futuro, ser aplicados ao processo de produção do Higgs por fusão de glúons, que domina amplamente a seção de choque de produção no LHC.