Busca avançada
Ano de início
Entree

Novos contextos produtores da exploração sexual de crianças e adolescentes com o avanço da internet: o estado da arte de 2011 a 2019

Processo: 19/19736-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2020
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2020
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Renata Maria Coimbra Libório
Beneficiário:Rafaela Daniela Aparecida Pinto
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Psicologia do desenvolvimento   Desenvolvimento humano   Exploração sexual   Crianças e adolescentes   Internet   Rede de comunicação   Estado da arte   Pesquisa bibliográfica   Periódicos on-line

Resumo

A exploração sexual de crianças e adolescentes (ESCA) é um fenômeno reconhecido internacionalmente desde o I Congresso Mundial sobre Exploração Sexual, realizado na Suécia, em 1996. A ESCA retrata uma situação de mercantilização de corpos infantis e juvenis, inseridos em redes de exploração sexual e comercial, na qual muitos e beneficiam através de lucros obtidos com redes de crimes organizadas. A ESCA expõe crianças e adolescentes a práticas sexuais consideradas proibidas perante diversas leis e que violam seus direitos fundamentais, podendo prejudicar seu desenvolvimento integral. A exploração sexual tem se propagado de forma mais intensa nos últimos 10 anos, com desenvolvimento e diversificação das novas tecnologias, que vêm produzindo formas diferenciadas de agenciamento e exploração da população infanto-juvenil. A internet tem se tornado uma grande ferramenta, através da qual os exploradores adquirem maior facilidade e agilidade para encontrar as crianças e adolescentes, uma vez que, a mesma é um campo vasto de redes virtuais. A pesquisa tem como objetivo geral problematizar os atuais contextos produtores da ESCA, a partir dos avanços da tecnologia e internet no contexto atual, buscando identificar as suas novas dinâmicas e configurações e fatores associados que favorecem sua manutenção. A metodologia usada será a pesquisa bibliográfica, identificando artigos que foram publicados em português, entre os anos de 2011 a2019, em periódicos on-line de qualidade reconhecida, relacionados com o tema, através dos portais da CAPES e do Scielo e da ferramenta de pesquisa Google Acadêmico. (AU)