Busca avançada
Ano de início
Entree

Os fatores de risco e a predição de recuperação de dor em pacientes com dor lombar aguda no atendimento emergencial

Processo: 20/07802-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de março de 2023
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Leonardo Oliveira Pena Costa
Beneficiário:Fernanda Gonçalves Silva
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão. Universidade Cidade de São Paulo (UNICID). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Dor aguda   Dor lombar   Fatores de risco   Predição   Prevenção

Resumo

A dor lombar é uma condição altamente prevalente e é considerada a principal causa de anos vividos com incapacidade mundialmente. A dor lombar pode ser desencadeada pela influência de diversos fatores, como aspectos individuais, estresse físico, psicológico, e fatores ambientais. Entender os fatores que aumentam o risco para o desencadeamento de um novo episódio de dor lombar é essencial para a criação de estratégias de prevenção. Já o prognóstico de dor lombar aguda é tipicamente favorável, porém, existe uma variabilidade importante no curso clínico desses pacientes. A possibilidade de identificar a probabilidade de cada paciente se recuperar em pontos específicos do tempo poderia auxiliar clínicos durante o processo de tomada de decisão. Essa proposta descreve cinco estudos distintos. Os dois primeiros estudos (E1 e E2) têm desenhos transversais, com 100 clínicos (E1) e 350 pacientes com dor lombar (E2), para investigar possíveis fatores percebidos que podem desencadear um episódio de dor lombar. O terceiro estudo (E3) tem um desenho case-crossover, investigando fatores de risco, de exposição transitória, para dor lombar aguda em 350 pacientes no atendimento emergencial. O quarto estudo (E4) é uma revisão sistemática para identificar os modelos de predição clínica existentes sobre o prognóstico de pacientes com dor lombar. E o quinto estudo (E5) realizará a validação externa de um modelo de predição clínica existente para predizer recuperação da dor em 1 semana, 1 mês e 3 meses em pacientes com dor lombar aguda. Neste estudo (E4) serão recrutados 420 pacientes no departamento de emergência. Essa proposta é inédita, inovadora e contem inserção internacional.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)