Busca avançada
Ano de início
Entree

Acetilação de amido e xilana para produção de filmes biodegradáveis

Processo: 20/15547-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2021
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2021
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica
Pesquisador responsável:Michel Brienzo
Beneficiário:Gabriela da Silva Andrade
Instituição-sede: Instituto de Pesquisa em Bioenergia (IPBEN). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:19/12997-6 - Produção de filmes utilizando polissacarídeos da biomassa lignocelulósica, AP.R
Assunto(s):Amido   Biodegradação   Biomateriais   Filmes   Polissacarídeos

Resumo

O meio ambiente encontra-se em uma complexa situação em relação a contaminação por plásticos, devido ao seu caráter não biodegradável. Os plásticos são responsáveis por grande parte do volume dos aterros. Muitas vezes sua disposição ocorre de forma inadequada, em rios, lagos e oceano, afetando a fauna marinha, e causando impactos ao meio ambiente. Para diminuir essa contaminação e disposição irregular, o uso de plásticos biodegradáveis pode ser uma solução ambientalmente correta. Neste contexto, o presente projeto tem como objetivo o desenvolvimento de filmes a base de polissacarídeos proveniente da biomassa vegetal. Entre estes polissacarídeos destacam-se a xilana, presente em resíduos lignocelulósicos, e o amido, polissacarídeo de reserva encontrado em tubérculos. Estes polissacarídeos serão extraídos de material lignocelulósico (xilana) e tubérculo (amido), utilizando métodos otimizados na literatura. Serão realizadas diferentes combinações entre estes polissacarídeos, e acetilação, visando obter um filme com propriedades que o torne capaz de competir com as embalagens comerciais, em relação a sua degradação microbiológica. Os filmes serão avaliados quanto suas propriedades físico-químicas (espessura, opacidade, solubilidade em água, umidade e gramatura). Como resultado deste projeto é esperado produzir um filme com base em polissacarídeos, com propriedade mecânica e biodegradável quando exposto ao meio ambiente.