Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise do desempenho físico-mecânico de compósitos cimento-madeira com adição de nanocelulose

Processo: 21/08044-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2021
Vigência (Término): 31 de outubro de 2022
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Cristiane Inácio de Campos
Beneficiário:Maria Fernanda Felippe Silva
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental de Itapeva. Itapeva , SP, Brasil
Assunto(s):Nanotecnologia   Materiais não metálicos   Nanocelulose   Cimento   Propriedades físicas   Propriedades mecânicas   Eucalyptus grandis   Análise estatística de dados

Resumo

Os compósitos cimento-madeira são ótimas alternativas aos materiais tradicionais de construção por possuir uma densidade mais baixa e combinar as características da madeira e do cimento. Entretanto, a baixa compatibilidade entre esses dois materiais pode reduzir sua resistência; dessa forma, alguns métodos estão sendo estudados para minimizar essa influência negativa e, entre elas o pré-tratamento das partículas de madeira e a adição de nanocelulose podem ser opções promissoras. A proposta do presente trabalho é avaliar a influência nas propriedades físico-mecânicas de compósitos cimento-madeira com a adição de nanocelulose, pré-tratamento das partículas de madeira e utilização de dois diferentes tipos de cimento. Ao todo serão realizados oito tratamentos e a fabricação e ensaios serão baseados nas normas brasileira ABNT NBR 7215, europeia EN 317 e estadunidense ASTM E1876. Os compósitos serão fabricados com madeira de Eucalyptus grandis e cimento Portland tipo II com adição de escória e um cimento de melhor desempenho CP V ARI, a nanocelulose será adicionada na mistura em uma porcentagem de 0,5% em relação ao volume de cimento e o pré-tratamento da madeira será a lavagem em água fria durante 24 horas. O estudo prevê avaliar qual das variáveis possui uma maior influência nas propriedades do compósito. Será realizada a caracterização atendendo as especificações dos documentos normativos e a análise estatística dos dados para a verificação da normalidade e diferenças significativas entre os tratamentos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)