Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo sustentável da broca-da-cana-de-açúcar, Diatraea saccharalis, com feromônio sexual

Processo: 21/13350-6
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de janeiro de 2022
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2023
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitossanidade
Acordo de Cooperação: Koppert Brasil
Pesquisador responsável:José Maurício Simões Bento
Beneficiário:Maycon Roberto da Silva
Instituição Sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Empresa Sede:Universidade de São Paulo (USP). Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ)
Vinculado ao auxílio:18/02317-5 - Centro de Excelência em Controle Biológico, AP.PCPE
Assunto(s):Amostragem   Diatraea saccharalis   Manejo integrado de pragas   Monitoramento   Semioquímicos   Ecologia química
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Amostragem | Diatraea saccharalis | Manejo integrado de pragas | Monitoramento | Semioquímicos | Ecologia Química

Resumo

Embora o Brasil seja o maior produtor mundial de cana-de-açúcar, com mais de 8 milhões de hectares plantados, e a broca-da-cana-de-açúcar, Diatraea saccharalis, seja considerada sua principal praga, o feromônio sexual deste inseto ainda não foi completamente elucidado. Em razão disso, não há um sistema de amostragem de baixo custo e eficiente para extensas áreas dessa cultura, exigindo que as atuais amostragens de campo utilizem elevada quantidade de mão-de-obra e tempo para a abertura e contagem de lagartas no interior dos colmos (pontos fixos por hectare ou pelo sistema hora-homem). Neste sentido, com o intuito de buscar uma estratégia de manejo mais racional para essa praga agrícola e favorecer a expansão do uso do controle biológico, que ocupa atualmente menos da metade da área plantada, este projeto visa identificar corretamente o feromônio sexual de D. saccharalis e disponibilizar uma formulação comercial para seu uso em armadilhas. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)