Busca avançada
Ano de início
Entree

Estratégias químicas de mirmecófilos para lidar com formigas: uma abordagem multidisciplinar

Processo: 21/00984-7
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de março de 2022
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2025
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Comportamento Animal
Pesquisador responsável:Fábio Santos do Nascimento
Beneficiário:Luan Dias Lima
Instituição Sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):22/11082-7 - Decifrando o mecanismo químico, morfológico e comportamental da simbiose entre o besouro Lomechusa emarginata (Paykull, 1789) e sua formiga hospedeira, Formica fusca Linnaeus, 1758, BE.EP.PD
Assunto(s):Ecologia química
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:camuflagem química | Comportamento animal | Compostos cuticulares | Estratégias químicas | Mirmecófilos | Pistas químicas | Ecologia química

Resumo

As formigas (Hymenoptera: Formicidae) são insetos dominantes ecologicamente que utilizam pistas e sinais químicos para reconhecimento e comunicação. Apesar de seu sistema de reconhecimento eficiente, vários organismos chamados de mirmecófilos, que incluem pragas agrícolas, possuem relações com formigas que variam de interações benéficas como o mutualismo até exploração e parasitismo. Essas relações são comuns no Cerrado que se trata de um local ideal para se testar e entender o impacto das formigas na sobrevivência dos mirmecófilos. Os mirmecófilos utilizam estratégias químicas como a insignificância química, a camuflagem química e o mimetismo químico para lidar com as formigas. Porém, há inconsistência na terminologia dessas estratégias e lacuna no conhecimento em como podem ser dependentes da dieta, comportamento e tipo de relação com as formigas. Portanto, pretende-se estudar de maneira comparativa sistemas multitróficos complexos que envolvem mirmecófilos, formigas e plantas, assim como suas dietas e comportamento com uma abordagem multidisciplinar. Esse projeto se propõe a (1) demonstrar a ocorrência da camuflagem química em mais de um nível trófico; (2) utilizar a abordagem isotópica como uma ferramenta para a identificação indireta de hidrocarbonetos cuticulares (HCs) na dieta de insetos; (3) revisar os estudos publicados com interações entre lepidópteros e formigas que avaliaram as estratégias químicas mediadas por HCs e propor uma terminologia padronizada dos conceitos relacionados às estratégias químicas e a influência da dieta e comportamento no papel ecológico-evolutivo dos compostos nas interações de insetos. Sendo assim, esperamos desvendar como as estratégias químicas dependem da dieta considerando ecologia e evolução de interações de insetos em sistemas multitróficos.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DE SOUZA, ANDRE RODRIGUES; PRATO, AMANDA; FRANCA, WILSON; SANTOS, SIRCIO; LIMA, LUAN DIAS; ALVES, DENISE ARAUJO; BERNARDES, RODRIGO CUPERTINO; SANTOS, EDUARDO FERNANDO; DO NASCIMENTO, FABIO SANTOS; LIMA, MARIA AUGUSTA PEREIRA. A predatory social wasp does not avoid nestmates contaminated with a fungal biopesticide. Environmental Science and Pollution Research, v. 30, n. 47, p. 11-pg., . (18/10996-0, 19/08029-4, 20/14464-2, 20/06632-2, 21/00984-7, 22/07997-0)
LIMA, LUAN DIAS; CEBALLOS-GONZALEZ, AMALIA VICTORIA; PRATO, AMANDA; KAMINSKI, LUCAS AUGUSTO; DO NASCIMENTO, FABIO SANTOS. Plant-treehopper convergence may trick butterflies into trophic oviposition mistakes. Biotropica, v. N/A, p. 7-pg., . (18/10996-0, 21/05598-8, 21/00984-7)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.