Busca avançada
Ano de início
Entree

Evolução do desenvolvimento dos membros de mamíferos aquáticos através da genômica comparativa

Processo: 23/13917-1
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Doutorado Direto
Vigência (Início): 01 de março de 2024
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2029
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Animal
Pesquisador responsável:Mariana Freitas Nery
Beneficiário:Nicolle Souza Leto
Instituição Sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Evolução molecular   Mamíferos aquáticos   Genômica comparativa
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Evolução | genética | Mamíferos aquáticos | membros | Evolução molecular

Resumo

Cetáceos, sirênios e pinípedes são mamíferos aquáticos que retornaram de forma independente em momentos diferentes ao ambiente aquático, sofrendo uma série de adaptações morfológicas que possibilitam a vida nesse novo ambiente. Entre elas, alterações no formato corporal e nos membros permitem a locomoção na água. Mudanças extremas como a perda de membros traseiros em cetáceos e sirênios e o formato de remo nos membros dianteiros estão relacionadas à evolução dos genes e regiões que controlam a expressão gênica durante o desenvolvimento. Por exemplo, alterações na duração da expressão do gene BMP levam à hiperfalangia em cetáceos o que possibilita uma maior mobilidade do membro na navegação. Algumas dessas alterações são conhecidas para os cetáceos, mas pouco é conhecido para os sirênios e pinípedes. Essas transições de ambiente representam réplicas que possibilitam o estudo da evolução dos membros dos mamíferos aquáticos, tendo implicações no entendimento da evolução dos mamíferos como um todo. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é investigar a evolução molecular e os padrões de expressão das principais vias gênicas que especificam os eixos anterior-posterior, dorsal-ventral e proximal-distal no desenvolvimento dos membros anteriores de mamíferos aquáticos, de forma a comparar as suas adaptações no retorno à água. Os resultados deste trabalho contribuirão na ampliação do entendimento sobre a evolução genômica e possivelmente convergente durante a ocupação de novos ambientes. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)