Busca avançada
Ano de início
Entree

Interação entre o sistema renina-angiotensina, o fator de crescimento endotelial vascular e o laser de baixa intensidade na doença periodontal induzida em ratos

Processo: 07/01249-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de dezembro de 2007
Vigência (Término): 31 de maio de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia
Pesquisador responsável:Carlos Ferreira dos Santos
Beneficiário:Thais Marchini de Oliveira Valarelli
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia de Bauru (FOB). Universidade de São Paulo (USP). Bauru , SP, Brasil

Resumo

A doença periodontal (DP) compreende um grupo de lesões que afetam os tecidos periodontais de proteção (gengivite) e suporte (periodontite), envolvendo a participação de células residentes, células estruturais e mediadores inflamatórios. Evidências recentes sugerem que o fator de crescimento endotelial vascular (VEGF) possa ser um mediador importante na DP, e que o aumento na expressão desta proteína possa ser induzido pela angiotensina II (Ang II). Experimentos recentes realizados em nosso laboratório (processo 04/13479-3) mostraram que no tecido gengival de rato existe a expressão de RNAm para todos os componentes do SRA, presença da renina (experimentos de imunohistoquímica) e atividade da ECA (em homogenatos de tecido gengival). Evidências da literatura evidenciam que Ang II pode induzir a expressão de VEGF e de seus receptores em células endoteliais. Portanto, sugere-se que a interação entre VEGF e o SRA possa ser um mecanismo importante na angiogênese de tecidos inflamado de iniciação e progressão da gengivite para periodontite, possivelmente pela expansão vascular e progressão da inflamação nos tecidos periodontais. Considerando que a irradiação laser em baixa intensidade (LLLT) pode estimular reparação, cicatrização e regressão de edema, com consequente ação anti-inflamatória e bioestimulação celular, poucas são as evidências demonstrando que a LLLT influencie diretamente na expressão do VEGF no tecido gengival inflamado, os objetivos deste trabalho serão: 1) investigar se há um aumento da expressão dos componentes do SRA gengival no modelo de DP induzida experimentalmente em ratos; 2) investigar a interação entre o SRA e o VEGF na DP induzida experimentalmente em ratos; 3) investigar se os efeitos biomoduladores de um LLLT alteram a expressão de VEGF, a angiogênese e a progressão da DP induzida experimentalmente em ratos e 4) investigar se drogas que afetam o SRA (enalapril ou losartan) interferem na a expressão de VEGF na progressão da DP induzida experimentalmente em ratos. As técnicas a serem utilizadas neste projeto serão: indução da DP em ratos, extração de RNA total, RT-PCR, Western Blot, imunohistoquímica e análise microscópica. Após a coleta, os dados serão devidamente analisados por meio de gráficos e tabelas, sendo utilizada ANOVA com medidas repetidas seguidas de um pós-teste para determinar a significância da diferença entre os grupos dentro do mesmo ensaio. Caso necessário, outros testes poderão ser aplicados. Será adotado nível de significância de 5% para que as diferenças sejam consideradas estatisticamente significativas. (AU)