Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da estimulação elétrica no tecido ósseo em ratos com lesão medular

Processo: 08/06113-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2008
Vigência (Término): 31 de outubro de 2009
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Fisioterapia e Terapia Ocupacional
Pesquisador responsável:Carla Christina Medalha
Beneficiário:Beatriz Oliveira Amorim
Instituição-sede: Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Baixada Santista. Santos , SP, Brasil
Assunto(s):Traumatismos da medula espinal   Osso e ossos   Doenças ósseas metabólicas   Fisioterapia

Resumo

A osteoporose é uma das complicações que acorrem após a lesão medular. A desnervação decorrente dessa lesão altera a atividade das células do tecido ósseo, aumentando o número de osteoclastos que são responsáveis pela reabsorção da matriz óssea e a estimulação elétrica visa diminuir essa perda por meio do efeito piezelétrico. Esse estudo visa analisar a eficácia desse recurso na prevenção da osteoporose induzida pela lesão medular.Dois grupos de animais serão submetidos a lesão medular cirúrgica e tratados por meio da estimulação elétrica de baixa intensidade (freqüência de 1.5 MHz, ciclo de trabalho 1:4, intensidade 30 mW/cm2) em 12 sessões de vinte minutos, três vezes por semana, a partir do 1° dia pós-cirúrgico. Após o tratamento os animais serão sacrificados por perfusão transcardíaca e os ossos e medula serão retirados. Os ossos serão analizados por densitometria e teste de flexão, e a medula por análise histológica para confirmação da lesão.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)