Busca avançada
Ano de início
Entree

Preferência alimentar do caranguejo Pachygrapsus transversus (Gibbes, 1850) (Crustacea, Grapsidae)

Processo: 07/58300-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Pesquisador responsável:Rodrigo Egydio Barreto
Beneficiário:Valeria Akemi Murakami
Instituição-sede: Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus Experimental do Litoral Paulista. São Vicente , SP, Brasil
Assunto(s):Caranguejo   Predação   Experimentos

Resumo

Os costões rochosos possuem uma elevada diversidade e correspondem a um importante ambiente costeiro ainda pouco estudado nas regiões tropicais. A composição e a dinâmica deste ambiente estão diretamente influenciadas por fatores físicos (exposição às ondas, amplitude de maré) e biológicos (competição, predação, herbivoria, taxas de colonização). No Brasil, pouco se conhece sobre a composição e dinâmica dos costões rochosos, e também sobre a ecologia trófica das espécies mais abundantes e sua influência no controle de presas. De modo a testar hipóteses mais específicas sobre a influência do caranguejo Pachygrapsus transversus no controle dos povoamentos sésseis, estudos em andamento estão descrevendo a composição e abundância das principais espécies de invertebrados e algas, em função do grau de exposição da região entre-marés de costões rochosos da região de Ubatuba (SP). Além disso, está sendo avaliada a dieta natural do caranguejo P. transversus, que corresponde à espécie animal mais abundante no ambiente, e sua influência no controle e desenvolvimento das comunidades sésseis através de experimentos de manipulação no ambiente. A comparação entre a densidade relativa dos itens alimentares disponíveis e de sua participação efetiva na dieta e manipulações em cativeiro servirão para inferir sobre a preferência alimentar de P. transversus. Este projeto tem por objetivo avaliar a preferência alimentar deste caranguejo através de experimentos controlados. Para tal, os animais serão mantidos em cativeiro e serão oferecidos os 4 principais itens da dieta natural em igual disponibilidade. Os fragmentos serão mensurados no início e após a retirada do experimento, o qual terá duração de 72 horas com a troca dos 4 fragmentos a cada 24 horas. Os experimentos serão realizados por categoria demográfica (machos, fêmeas e juvenis) e os resultados analisados através de um modelo específico de ANOVA. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHRISTOFOLETTI, RONALDO A.; MURAKAMI, VALERIA A.; OLIVEIRA, DIOGO N.; BARRETO, RODRIGO E.; FLORES, AUGUSTO A. V. Foraging by the omnivorous crab Pachygrapsus transversus affects the structure of assemblages on sub-tropical rocky shores. MARINE ECOLOGY-PROGRESS SERIES, v. 420, p. 125-134, 2010. Citações Web of Science: 20.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.