Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos redutores de sulfato para a remocao e recuperacao simultanea do enxofre e metais pesados de aguas residuarias acidas.

Processo: 03/11937-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2004
Vigência (Término): 31 de maio de 2005
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Sanitária - Tratamentos de Águas de Abastecimento e Residuárias
Pesquisador responsável:Eugenio Foresti
Beneficiário:Marcus Vinicius Guerini Vallero
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:01/05489-0 - Desenvolvimento, análise, aprimoramento e otimização de reatores anaeróbios para tratamento de águas residuárias, AP.TEM
Assunto(s):Metais pesados   Drenagem ácida de minas   Tratamento anaeróbio

Resumo

Ainda que recentemente a tecnologia baseada no ciclo do enxofre tenha obtido significativo progresso, os efluentes gerados em processos de (bio)lixiviação (drenagem acida de minas/remoção de metais de lodos e sedimentos) são extremamente ácidos e ricos em metais e, portanto, agressivos aos microrganismos presentes em reatores sulfetogênicos convencionais. Em contraste aos processes físico-químicos (de alto custo e que geram resíduos de difícil disposição) o sucesso da extensão da aplicação dos processes redutores de sulfato para águas residuárias acidas ricas em sulfato e meta is pesados abrira a oportunidade de se remover e recuperar, simultaneamente, o enxofre (na forma de enxofre elementar) e os metais pesados (na forma de precipitados de sulfeto), alem de se promover a neutralização das águas. O projeto prevê a condução de experimentos de batelada (para a determinação de parâmetros seguros para o projeto de bioreactores redutores de sulfato) e o estudo e operação de diferentes configurações de reatores anaeróbios. Se conveniente, alterações aos reatores convencionais, ou ate mesmo a introdução de configurações inovadoras, serão propostas (de maneira a potencializar a atividade das bactérias redutoras de sulfato). Por fim, o acompanhamento microbiológico será realizado por métodos de microscopia tradicionais e por técnicas de microbiologia molecular. (AU)