Busca avançada
Ano de início
Entree

Nova espécie de Moenkhausia Eigenmann, 1903 (Characidae: Characiformes) da drenagem do Rio Grande, Alto Rio Paraná

Processo: 06/00517-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de maio de 2006
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2006
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Taxonomia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Francisco Langeani Neto
Beneficiário:Manoela Maria Marinho Koh
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Ostariophysi   São Paulo   Ictiologia   Tetragonopterinae

Resumo

Em amostragens recentes na drenagem do rio Grande, alto rio Paraná, foram capturados exemplares de uma provável espécie nova de Moenkhausia. Resultados preliminares mostram que não se encaixam nas definições de M. intermedia Eigenmann, 1908 e M. sanctaefilomenae (Steindachner, 1907), as duas outras espécies que são referidas para a área. Diferenças observadas são relativas ao padrão de colorido e à forma do corpo. Essa provável nova espécie, entretanto, parece muito próxima de M. bonita Benine, Castro & Sabino, 2004, diferindo desta no comprimento da nadadeira pélvica. Em fêmeas e indivíduos imaturos de M. bonita, os maiores raios da nadadeira pélvica podem alcançar a base do último raio não ramificado da anal e, nos machos, alcança a base do terceiro raio ramificado da anal (Benine et al., 2004). Em Moenkhausia sp. do Alto Paraná, os maiores raios da pélvica nunca atingem a base da nadadeira anal. Essas diferenças justificam uma análise morfológica mais aprofundada de modo a avaliar a pertinência de proposição de uma nova espécie para o Alto Paraná, semelhante a M. bonita.