Busca avançada
Ano de início
Entree

Padronizacao e desenvolvimento de teste imunoenzimatico para pesquisa de residuo de enrofloxacina e ciprofloxacina em produtos animais.

Processo: 07/59556-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de abril de 2008
Vigência (Término): 30 de junho de 2009
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Imunologia - Imunologia Aplicada
Pesquisador responsável:Antonio Walter Ferreira
Beneficiário:Lília Spaleta Targa
Instituição-sede: Instituto de Medicina Tropical de São Paulo (IMT). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Anti-infecciosos   Padronização   Anticorpos

Resumo

Nos dias atuais, a possibilidade da presença de resíduos antimicrobianos em produtos de origem animal vem causando enorme preocupação aos órgãos governamentais. Recentes avanços na química analítica têm permitido a detecção de quantias mínimas de resíduos. Porém essas metodologias são complexas e muito dispendiosas, necessitando de técnicos capacitados para emitirem os laudos. Existe uma grande necessidade no desenvolvimento de metodologias analíticas rápidas, eficientes e de baixo custo operacional com a capacidade de detectar resíduos antimicrobianos em cortes frangos. Assim os órgãos de fiscalização da agricultura poderão contar com novas ferramentas no controle do uso de antimicrobianos em produtos alimentícios destinados à exportação, e garantir ao consumidor a qualidade do alimento. Estas implementações biotecnológicas contribuirão na verificação do atendimento aos Limites Máximos de Resíduos (LMR) harmonizados pelo Mercosul ou os recomendados pelos órgãos internacionais Codex Alimentarius e pela Comunidade Européia, além de contribuir para o controle e manejo da resistência antimicrobiana. (AU)