Busca avançada
Ano de início
Entree

Mapeamento de locos de resistência à mancha angular em feijão (Phaseolus Vulgaris L) enriquecidos com marcadores derivados de RGAs

Processo: 10/00007-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2010
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia - Fitotecnia
Pesquisador responsável:Luciana Lasry Benchimol-Reis
Beneficiário:Gabriel Vinícius de Almeida
Instituição-sede: Instituto Agronômico (IAC). Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Mapeamento genético   Mancha angular   Marcador molecular

Resumo

O feijão comum (Phaseolus vulgaris L.) é o legume mais consumido em todo o mundo. Sua produtividade pode ser afetada por diversos fatores, sendo que a ocorrência de doenças um dos principais. A mancha angular, causada pelo fungo Pseudocercospora griseola (Sacc.) Crous & U. Braun, acarreta perdas de até 80% na produção de feijão. O melhoramento do feijoeiro busca ferramentas que agilizem a transferência de genes de resistência a doenças para cultivares em desenvolvimento. Ferramentas genômicas permitem marcar, clonar e introgredir genes ou QTLs (Quantitative Trait Loci) através marcadores moleculares. O mapeamento de locos ligados a genes resistência utilizando marcadores permite que uma vez localizado o loco de interesse, este possa ser introgredido através de seleção assistida por marcadores. O uso de marcadores específicos para resistência facilita a identificação de locos associados a essa característica. Os marcadores derivados de RGAs (Resistance Gene Analogs) cumprem bem este papel, uma vez que possibilitam a identificação de polimorfismo devido a alta variabilidade presente nos domínios característicos de genes de resistência, como LRRs, NBS, ±-loop, entre outros.Tendo em auxilio ao Processo FAPESP nº 06/58332-5, "Mapeamento Fino de Locos Associados à Resistência à Mancha Angular em Feijão (Phaseolus vulgaris L)", o presente projeto objetiva mapear locos de resistência à mancha angular e enriquecer essas regiões do mapa genético UC com marcadores derivados de RGAs. Para isso, será utilizada a população segregante 'IAC-UNA' (Mesoamericano / suscetível) x 'CAL 143' (Andina / resistente), que já foi utilizada em trabalho prévio de mapeamento com microssatélites e marcadores derivados de RGAs obtidos de literatura. (AU)