Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos da pré-medicação com midazolam-sufentanil ou midazolam-alfentanil na dose de indução anestésica do propofol e alterações cardiopulmonares em cães

Processo: 07/07994-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de março de 2008
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2008
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Clínica e Cirurgia Animal
Pesquisador responsável:Celina Tie Nishimori Duque
Beneficiário:Angelo de Tullio Gomes
Instituição-sede: Pró-Reitoria Adjunta de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade de Franca (UNIFRAN). Franca , SP, Brasil
Assunto(s):Anestesiologia veterinária   Sufentanil   Midazolam   Alfentanil   Propofol

Resumo

As medicações pré-anestésicas promovem indução anestésica tranqüila, reduz o estresse dos animais, além de diminuir a dose do anestésico necessária para permitir a indução da anestesia podendo, consequentemente, atenuar ou mesmo reduzir a severidade dos efeitos adversos.O propofol é um hipnótico de curta-duração que pertende à família dos alqui-fenóis. É comumente empregado para indução da anestesia em cães, pois promove inconsciência de uma maneira rápida, tranqüila e segura em animais saudáveis. Entretanto, não é um bom analgésico, sendo comum associá-lo a outros agentes que confiram analgesia. Nesse sentido, o sufentanil é um opióide agonista sintético, com elevada afinidade pelo receptor OP3 (µ), sendo derivado do grupo fenilpiperidínico, juntamente com o alfentanil, sendo análogos ao fentanil. Estes agentes possuem curta duração de ação, sendo empregados na indução anestésica, bem como durante o período trans-cirúrgico, uma vez que são potentes analgésicos. Já o midazolam é um fármaco benzodiazepínico considerado bastante seguro, pois mantém a estabilidade cardiovascular após sua administração. Possui ação hipnótica, além de potencializar o efeito de anestésicos e opióides empregados concomitantemente durante a manutenção da anestesia.Dessa forma, são escassas as informações disponíveis referentes aos efeitos da administração da associação do midazolam com esses potentes opióides como medicação pré-anestésica em cães induzidos à anestesia com propofol. Assim, diante do exposto, considerou-se pertinente comparar os efeitos cardiorrespiratórios do midazolam associado ao sufentanil ou alfentanil, como medicação pré-anestésica em cães induzidos à anestesia com propofol, bem como verificar a influência dos fármacos sobre a dose de indução do propofol.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: