Busca avançada
Ano de início
Entree

Apoptose celular de tecidos de embriões de perus experimentalmente infectados com TCoV (Turkey Coronavirus) pela técnica de imunohistoquímica

Processo: 08/10746-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de fevereiro de 2009
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2010
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Patologia Animal
Pesquisador responsável:Tereza Cristina Cardoso da Silva
Beneficiário:Karina Saheki
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOA). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araçatuba. Araçatuba , SP, Brasil
Assunto(s):Avicultura   Perus (aves)   Embrião de animal   Viroses em animais   Infecções por Coronavirus   Coronavirus do peru   Enterite transmissível dos perus   Síndrome de mortalidade do peruzinho por enterite   Imuno-histoquímica   Apoptose

Resumo

A avicultura brasileira é reconhecida como uma das mais desenvolvidas do mundo, com índices de produtividade excepcionais. Dentro dela, a produção de perus vem se destacando nos últimos anos, com importante produção de carne não apenas para abastecimento interno, como também para exportação. Nesse sentido, o Brasil ocupa uma posição de destaque no comércio internacional, entre os líderes em produção e exportação de carne de peru, o que torna de extrema importância o estudo das doenças que acometem esses animais e podem prejudicar seu desenvolvimento e conversão alimentar. O Coronavírus dos perus (TCoV) ocasiona uma doença entérica aguda e altamente contagiosa, que afeta principalmente aves jovens, causando grandes perdas econômicas. Alguns vírus têm a habilidade de induzir apoptose celular, incluindo a família Coronaviridae. Desse modo, a apoptose induzida por vírus é um complexo e importante aspecto da patogênese de infecções virais, pois representa seu mecanismo de injúria celular. Além disso, estudos indicam que a apoptose celular pode estar relacionada à patologia induzida pela infecção viral, podendo ser avaliada com o auxílio de marcadores de apoptose (TUNEL, Caspase, Anexina V e p53). Tendo em vista a importância atual do mercado de perus, aliada aos danos causados por coronaviroses em granjas de todo o mundo e a inexistência de uma vacina que auxilie no controle de surtos, o presente estudo pretende avaliar a presença de apoptose celular em tecidos de embriões de perus experimentalmente infectados por TCoV através de imunohistoquímica, pelas técnicas de TUNEL, Caspase, Anexina V e p53, visando contribuir para uma melhor compreensão da patogenia e dos mecanismos de injúria celular, ocasionados pelo TCoV. (AU)